Congresso do Partido Verde alemão confirma Annalena Baerbock para sucessão de Merkel | Política | DW | 12.06.2021

Conheça a nova DW

Dê uma olhada exclusiva na versão beta da nova DW. Sua opinião nos ajudará a torná-la ainda melhor.

  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Congresso do Partido Verde alemão confirma Annalena Baerbock para sucessão de Merkel

Líder já havia sido indicada pela direção da legenda em abril. Após pesquisas a posicionarem como próxima chanceler, apoio a ela diminuiu. Eleições serão em setembro.

Annalena Baerbock

Baerbock será a candidata a chanceler mais jovem desde a formação da República Federal da Alemanha

O Partido Verde alemão confirmou neste sábado (12/06) que Annalena Baerbock será a candidata da legenda para chanceler federal nas eleições de setembro, as primeiras após mais de 15 anos sem Angela Merkel.

Baerbock, de 40 anos, é a mais jovem candidata a chanceler federal desde a formação da República Federal da Alemanha, em 1949, e apenas a segunda mulher a concorrer ao cargo. Ela já havia sido indicada para ser candidata a chanceler pela direção executiva do partido em abril.

O congresso partidário dos verdes começou na sexta-feira e está sendo realizado de forma remota devido à pandemia. Baerbock teve o apoio de 678 dos 688 delegados participantes.

Em abril, Baerbock registrou um ótimo desempenho nas pesquisas, que a colocavam em posição de ser a próxima chanceler federal da Alemanha – a primeira dos verdes. Houve também uma onda de novas filiações à legenda.

Contudo, o apoio a Baerbock caiu depois de uma sequência de deslizes. Ela transmitiu uma imagem negligente ao não ter declarado parte do salário que recebeu do partido e inflar alguns itens de seu currículo.

Sua proposta de aumentar o preço da gasolina em 0,16 euro (R$ 1) por litro para combater as mudanças climáticas também a expôs a ataques de adversários.

Em uma pesquisa recente, ela ficou atrás do candidato da CDU, Armin Laschet, e do nome do Partido Social-Democrata (SPD), Olaf Scholz , se os chanceleres fossem eleitos por voto direto.

Baerbock também sofreu pressão após o resultado do partido na eleição estadual de Saxônia-Anhalt, no leste da Alemanha, no início de junho, ter ficado abaixo do esperado.

Tradicionalmente, apenas partidos com reais chances de elegerem o chanceler indicam de antemão seu candidato para o cargo. A eleição do chanceler federal é indireta e realizada pelo Bundestag (Parlamento).

Com a indicação de um nome antes do início da campanha, os partidos deixam claro aos eleitores quem eles indicarão para a eleição indireta no Bundestag caso venham a liderar uma coalizão de governo.

Plataforma de campanha

O congresso do Partido Verde ainda debaterá as políticas sociais, de educação e econômicas que deverão ser incluídas no programa eleitoral da legenda.

A direção executiva dos verdes propôs aumentar a alíquota máxima do imposto de renda dos atuais 42% para 48%, enquanto a juventude do partido quer uma alíquota máxima ainda mais elevada, de 53%.

O partido também deverá enfrentar debates acalorados sobre salário mínimo, idade mínima para votar em eleições e maiores gastos com auxílios para desempregados.

O Partido Verde fez uma guinada pragmática nos últimos anos para ampliar o seu potencial eleitoral. Nesta sexta, os delegados da legenda discutiram temas ambientais e vetaram propostas mais ousadas, como limitar a velocidade máxima em estradas vicinais a 70 quilômetros por hora e proibir a venda de novos veículos com motor a combustão a partir de 2025.

bl (dpa)