Confrontos entre polícia e palestinos deixam feridos em Jerusalém | Notícias internacionais e análises | DW | 11.08.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Oriente Médio

Confrontos entre polícia e palestinos deixam feridos em Jerusalém

Palestinos entram em confronto com polícia israelense num dos locais mais sagrados para muçulmanos e judeus. Violência ocorre em dia importante para fiéis de ambas as religiões.

Jerusalem | Unruhen an der Al-Aqsa Moschee (Getty Images/AFP/A. Gharabli)

Segundo médicos e mídia, 14 palestinos e quatro policiais foram levados a hospitais

A polícia israelense e palestinos entraram em confronto na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, neste domingo (11/08), no primeiro dia do Eid al-Adha (festival muçulmano).

Médicos disseram que ao menos 14 palestinos foram levados a hospitais para tratamento, enquanto a rádio pública israelense Kan informou que quatro policiais ficaram feridos. Segundo a mídia, a polícia usou "granadas de efeito moral" para esvaziar o local.

A polícia disse que a multidão começou a ser dispersa após os visitantes muçulmanos gritarem slogans nacionalistas e começarem a se revoltar. De acordo com a agência de notícias AP, ainda não está quem começou os confrontos nesta área sagrada para os dois povos.

O Eid al-Adha é um festival muçulmano de quatro dias, chamado de festival do sacrifício, que sucede o período da peregrinação dos muçulmanos a Meca.

Israel Palästina | Tempelberg | Al Aqsa Moschee (neu) (Getty Images/T. Coex)

Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, é local frequente de confrontos

O local — conhecido entre judeus como Monte do Templo e, para muçulmanos, como Nobre Santuário – tem sido um local frequente de confrontos.

Devido às tensões na região, a polícia israelense bloqueou o acesso da esplanada a não muçulmanos, incluindo judeus que comemoram no mesmo dia um feriado religioso importante, Tisha B'Av, que é um dia de jejum e luto pela duas destruições do templo de Salomão – uma realizada pelos babilônicos e outra pelos romanos.

O local agora abriga o Domo da Rocha e a Mesquita Al-Aqsa, o terceiro local mais sagrado do islã.

Também neste domingo, soldados israelenses mataram a tiro um palestino que havia aberto fogo contra as forças israelenses na fronteira com a Faixa de Gaza. No sábado, quatro palestinos foram mortos a tiros num incidente similar.

CA/lusa/ap/rtr/dpa/dw

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | App | Instagram | Newsletter

Leia mais