Como a Alemanha escolhe seu presidente | Entenda a Alemanha, sua diversidade, estrutura e história | DW | 11.02.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Entenda

Como a Alemanha escolhe seu presidente

Colégio eleitoral que escolhe o chefe de Estado alemão é formado pelos deputados no Bundestag e o mesmo número de delegados enviados pelos legislativos estaduais, que geralmente são personalidades da vida pública.

Deutschland | Wahl des Bundespräsidenten | (picture-alliance/dpa/G. Fischer)

A Assembleia Federal é o principal grêmio parlamentar da Alemanha e se reúne exclusivamente para escolher o presidente da República

A Assembleia Federal (Bundesversammmlung) é o principal grêmio parlamentar da Alemanha e se reúne exclusivamente em um dia para escolher o presidente da República, em Berlim. Fazem parte dela todos os membros do Bundestag (Parlamento) e um número igual de representantes dos 16 estados.

A eleição do presidente federal da Alemanha acontece por voto secreto, sem debate prévio e exige maioria absoluta. Se nenhum dos candidatos alcançar a maioria absoluta nas duas primeiras votações, há uma terceira rodada, em que é eleito quem obtiver a maioria simples de votos. 

Leia a cobertura completa sobre a eleição na Alemanha em 2017

Depois das traumáticas experiências da República de Weimar, os legisladores da Lei Fundamental (a Constituição alemã) decidiram que a escolha do presidente deveria ser feita sem votação popular.

Segundo a regra, os partidos representados no Parlamento indicam um candidato, que não necessariamente precisa integrar a legenda. A escolha geralmente recai sobre uma personalidade respeitada e apta a representar a Alemanha de forma suprapartidária.

A votação deste domingo

A 16ª Assembleia Federal, responsável pela votação deste 12 de fevereiro de 2017, tem 1.260 delegados, dos quais 630 são os deputados federais do Bundestag e 630 representantes enviados pelos legislativos estaduais.

 (picture-alliance/dpa/M. Gambarini)

Joachim Löw é um dos delegados que escolherão o novo presidente da Alemanha

A quantidade de delegados que os estados enviam depende do número de habitantes. Por isso, o estado mais populoso, Renânia do Norte-Vestfália, tem 135 delegados, enquanto a Baviera é representada por 97, e Bremen, por cinco.

A particularidade é que as bancadas dos partidos nos legislativos podem nomear personalidades da vida pública como seus representantes, mas eles não são obrigados a votar no candidato do partido que os nomeou.

Entre os delegados deste ano estão, por exemplo, o técnico da seleção alemã de futebol, Joachim Löw, enviado pelo Partido Verde de Baden-Württemberg; Helmut Markwort, editor-chefe da revista Focus, enviado pelos liberais de Baden-Württemberg; e Friede Springer, da editora Springer, nomeada pela CDU, partido de Angela Merkel, de Berlim.

 

Leia mais

ADVERTISEMENT