Catedral de Naumburg ostenta ″mais bela mulher da Idade Média″ | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 20.08.2011
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Catedral de Naumburg ostenta "mais bela mulher da Idade Média"

Ela foi instrumentalizada pelos nazistas, seu rosto decora quebra-cabeças e abotoaduras, Umberto Eco gostaria de ter saído com ela. Único problema: obra de mestre anônimo, Uta conta quase 800 anos de idade.

default

Uta de Naumburg

Há mais de 700 anos Uta, margravina de Ballenstedt, observa de cima os visitantes da Catedral de Naumburg: muda, misteriosa, com a gola do manto levantada, orgulhosa, inatingível e, no entanto, vulnerável. Ao lado dela, no grupo formado por um total de 12 familiares, está o esposo, Ekkehard 2º. Ao lado do irmão, ele é considerado o patrono desse edifício litúrgico entre os estilos românico tardio e gótico, preservado até hoje.

O "Mestre de Naumburg" não esculpiu santos na pedra, mas sim nobres, aos quais deu um gestual e almas próprias. Com essas figuras de arenito em tamanho natural, ele concluiu sua principal obra em 1249, após dez anos de trabalho.

Os historiadores também estão seguros de que o escultor e arquiteto viveu 200 anos depois dos patronos que retratou. Mas é como se os tivesse conhecido de perto: jamais antes um artesão-artista produzira figuras tão expressivas e exatas nos detalhes.

O "mestre" seria um grupo?

Naumburger Meister Dom Stadtführerin Uta

Catedral de Naumburg

A biografia do próprio escultor, por outro lado, permanece envolta em mistério: nem mesmo seu nome chegou até nosso tempo. Porém tudo indica que essa obra de arte total – que é a catedral da cidade na Saxônia-Anhalt – não se deva a um único artista solitário. Mais provável é que um grupo de artesãos tenha primeiro sido formado e instruído no norte da França, sob a supervisão de um "mestre", para mais tarde atuar em outras partes da Europa.

Seu estilo de retratar indivíduos em três dimensões – sensacional na época – também se encontra nas catedrais francesas de Reims, Amiens, Noyon, Chartres e Metz. Em seguida, o Mestre de Naumburg deve ter se mudado para Mainz. Supõe-se que também as célebres estátuas da Catedral de Meissen sejam obra sua. É nessa cidade da Saxônia que seus rastros se perdem definitivamente em 1250.

Naumburger Meister Dom Jesus

Jesus na cruz, também uma obra do mestre desconhecido

O mestre também deixou sua marca artística no portão que dá acesso ao coro leste da Catedral de Naumburg. Trata-se de uma imagem de Jesus pregado à cruz, no rosto uma dor imensa, ao seu lado Maria verte lágrimas amargas. O crucifixo não se encontra em local inatingível para o visitante, mas sim quase à altura dos olhos. Segundo os especialistas em história eclesiástica, assim está caracterizada a presença terrena do Filho de Deus tornado homem, em toda sua dor e sofrimento.

Beleza instrumentalizada

Em 2011, uma exposição reúne em cinco locais de Naumburg cerca de 500 objetos, que traçam o caminho do Mestre de Naumburg. Eles incluem empréstimos de toda a Europa: a escultura do rei Childeberto 1º, por exemplo, cedida pelo Museu do Louvre, jamais deixara antes a França.

Contudo, nenhuma figura impressiona tanto o observador quanto a "mulher mais bela da Idade Média". O autor e filósofo italiano Umberto Eco revelou certa vez que gostaria de ter saído com ela. O desenhista de animação norte-americano Walt Disney tomou Uta como inspiração – ainda que tenha sido para a madrasta má da Branca de Neve.

Naumburger Meister Stifterfigur Markgräfin Uta

Reproduções expostas no museu de Naumburg

O museu municipal de Naumburg Hohe Lilie dedicou toda uma exposição à bela. Lá vê-se seu rosto reproduzido em objetos do dia-a-dia, desde abotoaduras a quebra-cabeças. Documentos ilustram a forma como os nazistas instrumentalizaram Uta na Segunda Guerra Mundial como "Santa dos Combatentes", simbolizando o espírito de resistência alemão.

Até o dia 2 de novembro de 2011 a exposição permite penetrar na religiosidade, arquitetura e noção da natureza do século 13. Apenas uma questão permanece irrespondida: quem foi o Mestre de Naumburg?

Autoria: Karin Jäger / Augusto Valente
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais