Cães farejadores podem ajudar a detectar covid-19 | DW Brasil | Notícias e análises do Brasil e do mundo | DW | 02.04.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

NOTÍCIAS

Cães farejadores podem ajudar a detectar covid-19

A Medical Detection Dogs, ONG britânica que adestra cães biodetectores, divulgou que o treinamento durará seis semanas. A instituição já instruiu cachorros para identificar câncer, malária e Parkinson.

Assistir ao vídeo 02:10

Há 12 anos, a Medical Detection Dogs adestra cachorros para que detectem  doenças como câncer, malária e Parkinson. Agora, a ONG está preparando animais para que, em segundos, sejam capazes de farejar casos de coronavírus. A instituição trabalha em parceria com a Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres e a Universidade de Durham. O treinamento para covid-19 é o mesmo usado em outras doenças. Os cães biodetectores farejam amostras em uma sala e indicam quando reconhecem o cheiro do patógeno. Eles também são capazes de perceber mudanças sutis na temperatura da pele, como em casos de febre. Os cães poderiam, por exemplo, atuar em aeroportos. As pessoas indicadas pelos animais seriam testadas e isoladas imediatamente