1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Muitas coroas de flores sobre covas.
Número de mortes desta quinta-feira foi o segundo maior em 24h desde o começo da pandemia. Foto: REUTERS

Brasil tem mais 2.724 mortes por covid-19 em 24 horas

18 de março de 2021

País também registrou mais de 86 mil novos casos nesta quinta-feira. Total de mortes passa de 287 mil.

https://p.dw.com/p/3qq8Q

O Brasil registrou nesta quinta-feira (18/03) 2.724 mortes associadas à covid-19, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass). É o segundo maior número de mortes em 24 horas desde o começo da pandemia. Por problemas, técnicos, os dados não incluem os números do Rio Grande do Norte. 

Também foram identificados 86.982 novos casos da doença. Com isso, o total oficial de infecções no país subiu para 11.780.820, enquanto os óbitos chegam a 287.499. 

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

O Conass não divulga número de recuperados. Segundo o Ministério da Saúde, 10.287.057 pacientes haviam se recuperado até esta quarta-feira.

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes subiu para 136,8 no Brasil, a 20ª mais alta do mundo, quando desconsiderados os países nanicos San Marino, Liechtenstein e Andorra.

Em números absolutos, o Brasil é o segundo país do mundo com mais infecções e mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 29,6 milhões de casos e mais de 538 mil óbitos.

Ao todo, mais de 121,5 milhões de pessoas já contraíram oficialmente o coronavírus no mundo, e 2,68 milhões de pacientes morreram.

le (ots)