1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Camarões x Brasil
Camarões acabou com uma hegemonia histórica do Brasil sobre seleções africanas: Foto: Tom Weller/dpa/picture alliance
FutebolBrasil

Brasil perde para Camarões, mas fica em 1° no grupo

3 de dezembro de 2022

Jogando com reservas, seleção sofre a primeira derrota para uma equipe africana na história das Copas. Apesar do resultado, Brasil ainda garantiu primeira colocação no grupo G e vai enfrentar Coreia do Sul nas oitavas.

https://p.dw.com/p/4KQFa

A Seleção Brasileira perdeu nesta sexta-feira (02/12) para Camarões por 1 a 0 pela última partida da fase de grupos da Copa do Catar. Pela primeira vez o Brasil perdeu para uma equipe africana em uma Copa do Mundo.

O gol da seleção africana foi marcado por Vincent Aboubakar aos 46 minutos do segundo tempo.

Essa também foi a primeira vez que o Brasil perdeu um jogo da fase de grupos de uma Copa desde 1998, quando foi derrotado pela Noruega por 2 a 1.

Apesar da derrota, o Brasil garantiu a liderança do grupo G graças ao resultado de outra partida: a Suíça bateu a Sérvia por 3 a 2  e garantiu a segunda colocação do grupo G.

Ao garantir o primeiro lugar no grupo, a Seleção Brasileira enfrentará nas oitavas de final a Coreia do Sul na próxima segunda-feira (05/12).

O Brasil já estava classificado para as oitavas da Copa, depois de bater a Suíça na última segunda-feira. Com a vaga já garantida, o técnico Tite escalou um time reserva para o duelo com Camarões. Daniel Alves foi escaldado como capitão. Aos 39 anos, ele se tornou o jogador mais velho a jogar pelo Brasil em uma Copa.

O primeiro tempo da partida foi marcado por poucas chances de gol para as duas equipe. A melhor oportunidade foi de Camarões, com Mbeumo recebendo um cruzamento da esquerda e cabeceando no contra pé de Ederson. O goleiro brasileiro conseguiu espalmar a bola no seu lado direito.

No segundo tempo, o Brasil seguiu enfrentando dificuldades na criação de chances. O time ainda teve três substituições.

Camarões recebeu quatro cartões amarelos ao logo da partida. No lado brasileiro, as advertências foram para Éder Militão e Bruno Guimarães.

Camarões conseguiu abrir o placar aos 46 minutos do segundo tempo, com Mbekeli cruzando na área brasileira para Aboubakar, que mandou a bola de cabeça no canto esquerdo de Ederson. O camisa 10 da seleção africana acabou expulso ao levar o segundo amarelo ao comemorar o gol tirando a camisa.

A seleção de Camarões
A seleção de Camarões Foto: Tnani Badreddine/DeFodi Images/picture alliance

Duelos anteriores

A derrota da Seleção sobre Camarões na noite desta sexta-feira no estádio Lusail, na cidade de mesmo nome, no Catar, acabou com uma hegemonia histórica do Brasil sobre seleções africanas: antes da vitória de Camarões, nenhuma equipe brasileira havia sido derrotada por um adversário daquele continente na história das Copas.

A primeira vez que as equipes se enfrentaram foi em 1994, nos Estados Unidos, onde o Brasil venceu por 3 a 0, gols de Romário, Márcio Santos e Bebeto. O jogo ocorreu no estádio Stanford, na Califórnia, e, com o resultado, o time brasileiro garantiu vaga nas oitavas de final da competição.

Vinte anos depois, na Copa sediada no Brasil, a Seleção enfrentou Camarões em Brasília pela última rodada do Grupo A. E avançou às oitavas de final ao vencer por 4 a 1, com dois gols de Neymar, um de Fred e outro de Fernandinho.

Antes do duelo desta sexta-feira, o Brasil sempre venceu as seleções africanas que enfrentou. A primeira vitória ocorreu em 1974 na Arena Veltins, estádio do Schalke 04, em Gelsenkirchen, na Alemanha: 3 a 0 sobre o Zaire, atual República Democrática do Congo, com gols de Jairzinho, Rivelino e Valdomiro.

Em 1986, no México, a Seleção derrotou a Argélia por 1 a 0 na fase de grupos, gol de Careca. E 12 anos mais tarde, na França, bateu o Marrocos por 3 a 0, com gols de Ronaldo, Rivaldo e Bebeto.

Em 2006, o Brasil enfrentou Gana nas oitavas de final da competição, disputada na Alemanha. No Westfalenstadion, casa do Borussia Dortmund, a Seleção goleou por 3 a 0, com gols de Ronaldo, Adriano e Zé Roberto.

Já em 2010, na África do Sul, Luis Fabiano (duas vezes) e Elano marcaram os gols do triunfo por 3 a 1 sobre a Costa do Marfim, em jogo válido pela fase de grupos.

Próximo adversário

Com o resultado, o Brasil vai enfrentar a Coreia do Sul na próxima segunda-feira, às 16h (de Brasília). Os sul-coreanos conseguiram a classificação após vencerem Portugal por 2 a 1 pelo Grupo H e terminarem a primeira fase com quatro pontos.

No outro jogo da chave, o Uruguai venceu Gana por 2 a 0 e somou a mesma pontuação, mas um menor número de gols marcados (apenas dois, contra quatro dos coreanos).

Até hoje, Brasil e Coreia do Sul nunca se enfrentaram em Copas do Mundo, somente em sete amistosos, com seis vitórias brasileiras e uma dos sul-coreanos.