Berlim | Informações sobre a geografia e a demografia da Alemanha | DW | 25.03.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Dados Geográficos

Berlim

default

Vista do alto do Portão de Brandemburgo para o lado leste

A capital alemã é, ao mesmo tempo, uma cidade-estado e o maior e mais populoso centro urbano do país. O chamado Muro de Berlim dividiu a metrópole de 1961 a 1989, isolando sua parte ocidental como um enclave dentro da Alemanha Oriental, de regime comunista.

Controlada pelos soviéticos após a Segunda Guerra Mundial, Berlim Oriental tornou-se capital da República Democrática Alemã (RDA), enquanto Berlim Ocidental manteve-se como zona de ocupação norte-americana, britânica e francesa desde o fim da guerra, em 1945, até a reunificação do país, em 1990.

Berlim x Bonn

A maior metrópole entre Paris e Moscou é banhada pelo rio Spree e considerada uma das capitais mais verdes da Europa. Tal prestígio se deve em grande parte ao Tiergarten – um enorme parque no centro da cidade – e aos bosques ao redor do lago Wannsee.

Fundada no século 12, Berlim tornou-se capital alemã pela primeira vez em 1871. Uma votação no Parlamento, em 1994, tornou a elevá-la a sede de governo, função exercida por Bonn desde a fundação da República Federal da Alemanha, em 1949.

Marco da disputa entre os mundos capitalista e socialista de outrora, Berlim sofreu grandes transformações urbanísticas após a reunificação alemã, com a reconstrução e restauração de edifícios históricos e a edificação de modernos complexos habitacionais e comerciais, como o Sony Center, na praça Potsdamer Platz.

O Portão de Brandemburgo, antes um marco na divisão do país, readquiriu o status de símbolo da cidade. O Reichstag, sede do Parlamento alemão, é hoje também uma atração turística, após passar por uma reforma total e ter recebido uma cúpula de vidro, concebida pelo arquiteto inglês Norman Foster.

Museus x badalação

Dentre os 180 museus da cidade, alguns dos mais importantes se concentram na Museumsinsel, onde se podem visitar, entre outros, os museus Pérgamo, o Egípcio e a Galeria Nacional Antiga.

Uma das igrejas mais famosas da cidade é a Kaiser Wilhelm Gedächtniskirche (Igreja Memorial do Imperador Guilherme), de 1895. Destruída na guerra, teve suas ruínas mantidas em memória à destruição, enquanto uma igreja moderna foi construída ao lado. O templo fica no início da Kurfürstendamm, ou Ku'damm, uma das principais avenidas de comércio e badalação da cidade.

Também merece uma visita a praça Gendarmenmarkt, no centro histórico de Berlim (durante a divisão da cidade, ficava no lado oriental), com duas catedrais – a alemã (Deutscher Dom) e a francesa (Französischer Dom) – frente à frente, nas laterais, e a casa de concertos Konzerthaus Berlin ao centro.

Última atualização: março de 2008

Leia mais

Links externos

Publicidade