Avião solar completa travessia do Atlântico | Novidades da ciência para melhorar a qualidade de vida | DW | 23.06.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Avião solar completa travessia do Atlântico

Três dias depois de deixar Nova York, aeronave movida exclusivamente à energia solar aterrissa na Espanha. Trajeto era considerado um dos mais difíceis da viagem de volta ao mundo, que começou no ano passado.

Solar Impulse 2 aterrissou em Sevilha às 7h38 (horário local)

Solar Impulse 2 aterrissou em Sevilha às 7h38 (horário local)

O avião Solar Impulse 2 aterrissou na manhã desta quinta-feira (23/06) em Sevilha, na Espanha, após cruzar o Oceano Atlântico. Depois de quase três dias de viagem, a primeira aeronave movida exclusivamente à energia solar completou um dos trajetos mais longos no percurso da volta ao mundo.

O Solar Impulse 2 partiu no dia 20 de junho de Nova York às 2h30 (horário local), depois de pouco mais de 71 horas de voo completou o 15º trajeto da viagem, percorrendo mais de 6,2 mil quilômetros, sem paradas.

Assistir ao vídeo 00:39
Ao vivo agora
00:39 min

Veja aqui algumas imagens

"Absolutamente perfeito", disse suíço Bertrand Piccard, inventor e piloto do Solar Impulse 2. Ele agradeceu ainda a equipe de engenharia pelo esforço.

O príncipe Alberto de Mônaco, patrono do projeto, passou a noite no centro de controle do aeroporto de Sevilha esperando a chegada da aeronave. "Foi magnífico vê-la", declarou.

Volta ao mundo

A aeronave iniciou sua jornada de volta ao mundo no dia 9 de março de 2015, em Abu Dhabi. A travessia do Atlântico era considerada uma das etapas mais difíceis do projeto, devido à distância, condições meteorológicas e ao tráfego aéreo intenso.

Após a travessia transatlântica, o Solar Impulse 2 tem duas opções para continuar a viagem de retorno a Abu Dhabi: fazer o percurso com uma parada, como o planejado inicialmente, ou tentar percorrê-lo de uma vez só.

O Solar Impulse 2 é equipado com 17 mil células fotovoltaicas e baterias recarregáveis de lítio, as quais permitem que ele voe à noite. O avião alcança velocidades que variam entre 50 e 100 quilômetros por hora. Suas asas têm 72 metros de envergadura – pouco maior que a de um avião jumbo – e a aeronave pesa, ao todo, 2,3 toneladas – o equivalente a um carro utilitário.

CN/lusa/rtr/afp/ap

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados