Atletas alemães acusam Merkel de preferência ao futebol | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 12.08.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Atletas alemães acusam Merkel de preferência ao futebol

Diversos medalhistas do Europeu de Atletismo lamentaram a ausência da chanceler federal no evento, realizado pela primeira vez em Berlim. "No entanto, ela viajou para o Rio no Mundial de 2014", reclamam medalhistas.

Arthur Abele (decátlon) e Christina Schwanitz (arremesso de disco) entre esportistas que sentiram falta da chefe de governo

Arthur Abele (decátlon) e Christina Schwanitz (arremesso de disco) entre esportistas que sentiram falta da chefe de governo

A chanceler federal alemã, Angela Merkel, primou pela ausência no Campeonato Europeu de Atletismo, realizado em Berlim de 2 a 12 de agosto. A arremessadora de peso Christina Schwanitz, que ganhou a medalha de prata, criticou-a por não comparecer ao evento multiesportivo, apesar de ele ser praticamente na porta da casa dela.

"Eu me perguntei por que Merkel não esteve aqui. Ela é capaz de voar para o Rio de Janeiro e faltar ao trabalho por vários dias. Tudo gira em torno do futebol", comentou na emissora de TV ZDF a ex-campeã mundial, em referência a Merkel ter ido prestigiar a final da Copa do Mundo da Fifa em 2014. "Acho que é uma pena. E mostra bem que valor dão à gente."

Atletas não perdoaram Merkel ter ido torcer pela seleção alemã no Rio, em 2014

Atletas não perdoaram Merkel ter ido torcer pela seleção alemã no Rio, em 2014

O campeão europeu de decatlo, Arthur Abele, igualmente expressou insatisfação. A lançadora de disco Nadine Müller, que obteve prata neste sábado, disse ser "lamentável que apoiar o atletismo não esteja entre as prioridades da chefe de governo alemã": "Acho que a presença dela no estádio teria dado um impulso extra à gente."

A presidente da comissão de Esporte do Parlamento, Dagmar Freitag, também interveio: "Eu ainda lamento que a chanceler federal alemã ignore eventos importantes, com exceção do futebol. Especialmente quando um evento tão grande como o Campeonato Europeu esteja se realizando em Berlim."

Por sua vez, o presidente da Associação Alemã de Atletismo (DLV), Jürgen Kessing, defendeu a chefe de governo, argumentando que ela tem mais o que fazer, em vez de ir a eventos esportivos. Além disso, reforçou, "mesmo sem ela, a política esteve bem representada na competição", com diversos políticos de alto escalão na plateia, entre os quais o ministro do Exterior, Heiko Maas.

AV/sid,dpa

____________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | 
App | Instagram | Newsletter

Leia mais