Argentina procura submarino que desapareceu | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 17.11.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Argentina procura submarino que desapareceu

Embarcação da Marinha com 44 tripulantes está há mais de 48 horas sem fazer contato. Operação de busca no litoral da província de Chubut conta com aeronaves e navios.

Imagem do submarino San Juan

Submarino San Juan é um dos três da Marinha da Argentina

A Marinha da Argentina confirmou nesta sexta-feira (17/11) que procura um submarino militar com 44 tripulantes com o qual o contato foi perdido há mais de 48 horas. Apesar da busca, as Forças Armadas argentinas se recusam a admitir que a embarcação esteja perdida.

O último contato do submarino San Juan foi feito enquanto a embarcação navegava no litoral da província de Chubut. O plano de busca prevê que ele esteja a 430 quilômetros do ponto mais próximo da costa a sudeste da península de Valdés.

"Não se pode dizer que o submarino se perdeu, porque, para ser dado como perdido, é preciso não encontrá-lo", disse o porta-voz da Marinha, Enrique Balbi. "No momento, ainda não conseguimos ter contato visual ou por radar com o submarino. Acreditamos que deve ter ocorrido um problema grave com as comunicações ou com os equipamentos elétricos, como cabos ou antenas", acrescentou.

O almirante Gabriel Gonzalez, comandante da base do Mar da Plata, destino da embarcação perdida, ressaltou que o submarino tem comida e oxigênio suficiente. "Perdemos o contato, não estamos falando de uma emergência", declarou.

De acordo com Balbi, a última comunicação com o submarino de origem alemã ocorreu na manhã da quarta-feira. O porta-voz disse ainda que, no momento, não é possível saber o que aconteceu e acrescentou que pode ter ocorrido alguma falha técnica.

Em comunicado, a Marinha disse que ordenou a todas as estações terrestres ao longo do litoral argentino "a busca preliminar e estendida das comunicações e escutas em todas as possíveis frequências de transmissão do submarino". Duas aeronaves e três navios foram designados para a operação de busca.

O San Juan é um dos três submarinos da frota argentina. Lançado em 1983, a embarcação alemã tem 65 metros de comprimento e sete metros de largura. Entre 2007 e 2014, ele passou por reformas que prolongaram seu uso por mais 30 anos.

CN/efe/afp/lusa/ap

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais