Alemanha tem mais de mil casos de coronavírus | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 09.03.2020
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Alemanha

Alemanha tem mais de mil casos de coronavírus

Número de infecções no país sobe para 1.112. Ministro da Saúde recomenda cancelamento de eventos com mais de mil participantes. Cerca de 5 mil pessoas são colocadas em quarentena após suspeita de caso em escola.

Mulher usa mascará de proteção em Berlim

Maior cifra de contágios continua sendo no estado de Renânia do Norte-Vestfália

O número de infecções pelo novo coronavírus na Alemanha subiu para 1.112, anunciou segunda-feira (09/03) o Instituto Robert Koch (RKI, na sigla em alemão). Na tarde de domingo, a entidade havia registrado 902 casos.

A maior cifra de contágios continua sendo no estado de Renânia do Norte-Vestfália, com 484. A região teve o maior crescimento de novos contágios, seguida da Baviera, com 256 doentes.

Diante do aumento no número de casos e da rápida difusão do vírus, o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, recomendou no domingo que eventos com mais de mil participantes sejam cancelados. Ele, porém, é contrário ao fechamento de escolas e creches como medida preventiva.

Devido à crise do coronavírus, é possível que jogos da Bundesliga sejam realizados diante de arquibancadas vazias. O secretário de Saúde do estado de Renânia do Norte-Vestfália, Karl-Josef Laumann, anunciou que seguirá o conselho de Spahn.

"Na minha opinião, essa medida também é justificável quando se trata de saúde", disse Annegret Kramp-Karrenbauer, comentando a declaração de Laumann. A presidente da União Democrata Cristã (CDU), partido da chanceler federal alemã, Angela Merkel, afirmou também que as autoridades alemãs contam com a compreensão "de clubes e departamentos", que têm que determinar a proibição de espectadores em jogos de futebol.

A Renânia do Norte-Vestfália tem agendados nos próximos dias dois grandes clássicos do futebol alemão. Na quarta-feira, o Borussia Mönchengladbach recebe o 1. FC Köln. No sábado, ocorre o clássico regional entre Borussia Dortmund e FC Schalke 04. Os jogos costumam atrair um público de 50 mil a 80 mil espectadores.

Torcedores entre faixas listradas de amarelo e vermelho levantam cartaz em alemão

Torcedores do Dortmund mostram cartaz ironizando crise de coronavírus: jogos do time podem ter arquibancadas vazias

Fora da Renânia do Norte-Vestfália, na terça-feira, o RB Leipzig recebe o clube londrino Tottenham Hotspur em partida de retorno das oitavas-de-final da Liga dos Campeões. A partida será disputada normalmente. O jogo da Liga dos Campeões entre Borussia Dortmund e Paris Saint-Germain na quarta-feira, na capital francesa será disputado sem espectadores. A medida foi anunciada pela prefeitura parisiense.

Um quartel do Exército alemão em Colônia foi fechado nesta segunda-feira, a princípio por dois dias, após um soldado ter sido infectado pelo novo coronavírus. Por medida de precaução, cerca de 100 pessoas que tiveram contato com o doente foram colocadas em quarentena domiciliar, disse um porta-voz nesta segunda-feira. Na unidade em questão, o quartel Lüttich, trabalham cerca de 1.300 pessoas.

Também nesta segunda-feira, foi confirmada a primeira morte de um alemão devido ao novo coronavírus. Um bombeiro de 60 anos morador do estado de Schleswig-Holstein, no norte alemão, morreu neste domingo num hospital no Egito, afirmaram autoridades de Hamburgo, cidade onde o homem trabalhava.

Segundo o jornal Hamburger Abendblatt, o paciente havia participado de um cruzeiro no rio Nilo, juntamente com a mulher dele, que já retornou à Alemanha.

Cerca de 5 mil pessoas foram colocadas em quarentena domiciliar devido à suspeita de coronavírus numa escola em Neustadt, no estado de Brandemburgo. Os afetados são parentes de alunos e funcionários, além dos próprios estudantes do internato. A medida atingiu alemães de várias regiões do país.

O isolamento domiciliar foi anunciado após a confirmação de um caso em Berlim. A paciente esteve no início do mês na escola em Neustadt, onde participou de uma reunião com funcionários do local, e autoridades municipais e estaduais. Em Neustadt, todas as escolas e várias repartições públicas também foram fechadas temporariamente.

Em todo o mundo, mais de 110 mil pessoas já foram infectadas pelo vírus em 94 países e territórios. Mais de 3.800 pacientes morreram. O Brasil tem 25 casos confirmados.

MD/dpa/afp/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 
App | Instagram | Newsletter

Leia mais