1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Menina recebe injeção no braço
Crianças deverão receber duas injeções com dosagem menor que as aplicadas nos adultos, recomendou a EMAFoto: Joseph Prezioso/AFP/Getty Images

Agência da UE aprova vacina para crianças a partir de 5 anos

25 de novembro de 2021

Órgão regulador europeu dá luz verde para uso da vacina da Pfizer em crianças entre 5 e 11 anos. Empresa afirma que eficácia é de 90,7% na faixa etária. Imunização de adolescentes já havia sido aprovada.

https://www.dw.com/pt-br/ag%C3%AAncia-da-ue-aprova-vacina-para-crian%C3%A7as-a-partir-de-5-anos/a-59931288

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) deu luz verde nesta quinta-feira (25/11) para o uso da vacina da Pfizer-BioNTech contra a covid-19 em crianças entre 5 e 11 anos de idade, abrindo o caminho para a imunização de milhões em meio a uma nova onda de infecções no continente.

Trata-se da primeira vacina liberada para crianças pequenas na União Europeia (UE). A aprovação final ainda depende da Comissão Europeia, mas o passo é considerado uma formalidade, já que o órgão costuma seguir as recomendações da EMA.

A vacina, chamada Comirnaty, deve ser aplicada em duas doses de 10 microgramas, com um intervalo de três semanas entre as injeções, recomendou a EMA. As duas doses aplicadas nos adultos contêm 30 microgramas cada.

"Os benefícios da Comirnaty em crianças com idade entre 5 e 11 anos superam os riscos, particularmente naquelas com condições que elevam o risco de caso grave de covid-19", afirmou a agência.

"Está claro que a vacina da Pfizer-BioNTech é segura e eficaz para crianças pequenas e pode oferecer a elas proteção adicional", comentou no Twitter a comissária de Saúde da UE, Stella Kyriakides, após a aprovação.

A Pfizer e a BioNTech afirmaram que seu imunizante apresentou eficácia de 90,7% contra o coronavírus em testes clínicos com crianças nessa faixa etária. A vacina já foi aprovada em maio para uso em adolescentes a partir dos 12 anos na União Europeia.

Países da UE deverão poder começar a imunizar crianças pequenas somente no mês que vem. O primeiro lote da vacina com baixa dosagem deve ser fornecido somente em 20 de dezembro, comunicou a BioNTech nesta quinta.

Com a vacinação de crianças pequenas, a Europa vai se unir a um número crescente de países que já aprovaram a imunização nessa faixa etária, entre eles Estados unidos, Canadá, Israel, China e Arábia Saudita.

A Alemanha, que sofre atualmente com uma alta de infecções em meio à vacinação estagnada, receberá 2,4 milhões de doses para crianças no primeiro lote, suficientes para imunizar cerca de metade das crianças entre 5 e 11 anos de idade, segundo a BioNTech.

lf/as (Reuters, AP, DPA)