Acnur pede a países que acolham refugiados venezuelanos | Notícias sobre a América Latina e as relações bilaterais | DW | 10.03.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

América Latina

Acnur pede a países que acolham refugiados venezuelanos

Agência da ONU apela pela concessão de ajuda humanitária àqueles que fogem da Venezuela e pede aos países vizinhos que não forcem retorno dos venezuelanos a seu país.

default

Agente da Polícia Federal verifica documentos de venezuelanos em Boa Vista

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) pediu aos países que podem receber venezuelanos, assim como àqueles que já os acolhem, que permitam o acesso deles aos seus territórios e lhes deem a proteção necessária.

Diante da situação atual na Venezuela, a agência da ONU também pediu aos países vizinhos que não forcem de forma alguma o retorno dos venezuelanos ao seu país.

O Acnur também se ofereceu para trabalhar com os países para elaborar mecanismos adequados de proteção dos refugiados venezuelanos em função de acordos vigentes. A agência lembrou que esses acordos estão guiados pelo princípio de que fornecer proteção é um ato humanitário e não político.

Como nem todos os sistemas de refúgio e asilo dos países, especialmente da América Latina, podem estar adaptados a essa situação, o órgão pede aos países que levem em conta outras maneiras de permitir a estada legal de venezuelanos.

Isso sem prejuízo do direito de solicitar refúgio, especialmente quando o solicitante enfrenta a ameaça de expulsão ou deportação ou quando não tem sua permissão de residência renovada. O Acnur afirmou que, em todas as circunstâncias, deve ser respeitada a garantia de não retorno.

AS/efe

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais