1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Marcas de cerveja e cidra da AB InBev (Budweiser, Corona, Stella e Beck's) e da SABMiller (Bulmers e Peroni)Foto: Getty Images/AFP/J. Tallis

AB InBev e SABMiller anunciam fusão

13 de outubro de 2015

União das número 1 e 2 do setor criará a maior fabricante de cervejas do mundo, com um terço das marcas mundiais em seu portfólio. Negócio de 76 bilhões de libras ainda precisa ser aprovado por autoridades antitruste.

https://www.dw.com/pt-br/ab-inbev-e-sabmiller-anunciam-fus%C3%A3o/a-18779136

As cervejarias belgo-brasileira Anheuser-Busch InBev e britânica SABMiller anunciaram nesta terça-feira (13/10) que chegaram a um acordo para criar a maior fabricante de cervejas do mundo. O acordo ainda precisa ser aprovado pelas autoridades antitruste.

Se concretizada, a união da número 1 e da número 2 do setor será uma das maiores fusões corporativas da história, a um custo de 76 bilhões de libras (106 bilhões de dólares) mais dívidas. A empresa resultante terá em seu portfólio um terço das marcas de cerveja do mundo.

O anúncio do acerto aconteceu depois de três semanas de idas e vindas e quatro ofertas da AB InBev frustradas por negativas da empresa britânica. A quinta finalmente foi considerada adequada pelo conselho de administração da SABMiller, com sede em Londres.

A AB InBev ofereceu inicialmente 38 libras por ação aos acionistas da SABMiller, o que foi recusado. A oferta foi sucessivamente sendo elevada, primeiro para 40 libras, depois para 42,15, para 43,50 e finalmente 44 libras, valor que conselho de administração concordou em recomendar aos acionistas.

A AB InBev tem forte presença na América Latina, nos Estados Unidos, no Canadá, na Europa e na Ásia (sobretudo na Coreia do Sul) e vende marcas globais como Budweiser, Corona, Stella Artois e Beck's, além de marcas locais, como Estrella, Modelo e Brahma.

A SABMiller, que vende marcas como Peroni, Pilsner, Miller, Fosters, Coors, Cristal, Costeña, Castle e Blue Moon, tem forte presença na África, além de estar ativa na Ásia, na Europa, na América do Norte e na América Latina. A cerveja mais vendida do mundo, a chinesa Snow, é da empresa.

As duas empresas surgiram elas mesmas de fusões. Em 2008, a belga-brasileira InBev uniu-se à americana Anheuser Busch. A SABMiller é o resultado da fusão, em 2002, da sul-africana South African Breweries e da americana Miller.

A SABMiller emprega 69 mil pessoas em 83 países. A AB InBev tem 155 mil funcionários em 25 países.

Se a fusão sair do papel, será a terceira maior da história, segundo a empresa de análises de mercado Dealogic. A primeira aconteceu em 1999, quando a Vodafone comprou a Mannesmann por 172 bilhões de dólares mais dívidas. Em 2013, a Vodafone vendeu para a Verizon sua participação na Verizon Wireless por 130,1 bilhões de dólares.

AS/afp/efe/ap