1692: Primeira previsão do tempo na imprensa | Os acontecimentos que marcaram o dia de hoje na História | DW | 14.05.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Calendário Histórico

1692: Primeira previsão do tempo na imprensa

Em 14 de maio de 1692, um semanário científico alemão começou a publicar tabela com dados meteorológicos, numa espécie de precursor da previsão do tempo.

default

Neve em Bamberg, na Baviera

A previsão do tempo sempre foi um sonho da humanidade. Saber se fará um inverno muito frio ou um verão chuvoso sempre foi importante, principalmente para os agricultores.

Monges alemães publicaram pela primeira vez em 14 de maio de 1692, em seu semanário científico, uma tabela com dados meteorológicos. Nem sempre o tempo seguia as observações dos responsáveis pela publicação, mas, para a época, já era um importante serviço de informação.

Os monges, que vivem em consonância com a natureza, com o passar do tempo começaram a fazer observações próprias sobre o tempo. Tanto, que hoje existem na Alemanha inúmeras "bauernregeln" (regras dos camponeses), sempre em forma de rima. Em geral, são tão genéricas que dão certo.

Em todo caso, os meteorologistas concordam que, em média, dois terços dessas previsões funcionam. É o caso da sabedoria popular segundo a qual o céu com nuvens em forma de ovelhinhas anuncia tempo bom: ela funciona em 80% dos casos.

Só muito mais tarde é que surgiu a meteorologia, com a invenção do termômetro, barômetro, telégrafo e a troca de informações à distância. Hoje em dia, esses dados são fornecidos por satélites. As informações coletadas a cada três horas de observação são enviadas para análise num computador central.

Para fazer um prognóstico das próximas 24 horas, são necessários 7 bilhões de operações matemáticas. Assim, quanto mais rápidos forem os computadores no futuro, mais rápida e mais exata será a previsão da meteorologia para os próximos dias.