1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW

"É trabalho escravo", diz Bolsonaro sobre o Mais Médicos

15 de novembro de 2018

Governo cubano anunciou a suspensão de sua participação no programa. Atualmente, das 18,2 mil vagas que existem no Mais Médicos, menos da metade são ocupadas por cubanos.

https://www.dw.com/pt-br/%C3%A9-trabalho-escravo-diz-bolsonaro-sobre-o-mais-m%C3%A9dicos/video-46307238

O Mais Médicos foi lançado em 2013 pelo governo Dilma. O Ministério da Saúde diz que Trabalha desde 2016 para diminuir o número de médicos cubanos no programa. Em 2016, o número era de 11,4 mil profissionais. Atualmente, das 18,2 mil vagas que existem no Mais Médicos, menos da metade, 8,3 mil, são ocupadas por cubanos.