1. Ir para o conteúdo
  2. Ir para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
UN verschenkt Wahlmaterial an Guinea-Bissau
Eleições na Guiné-Bissau realizam-se a 10 de março.Foto: DW/B. Darame

Guiné-Bissau: "Logística eleitoral está garantida", diz CNE

Lusa
23 de fevereiro de 2019

União Africana vai enviar missão com 50 observadores para as eleições de 10 de março disse, este sábado (23.02), o seu representante no país. Chegaram também a Bissau os boletins de voto vindos de Portugal.

https://p.dw.com/p/3DyRI

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Guiné-Bissau, José Pedro Sambu, afirmou, este sábado (23.02), que a "logística eleitoral está completamente garantida" e que o "caminho está trilhado" para o "cumprimento da agenda eleitoral e que o dia 10 de março" será o dia de eleições legislativas no país. O presidente da CNE falava aos jornalistas no aeroporto internacional Osvaldo Vieira, onde foi feita a entrega do material eleitoral.

"A confiança depositada em Portugal pela Guiné-Bissau, como de resto tem sido prática, com exceção das últimas eleições (2014), para a produção deste material essencial e decisivo ao processo de escrutínio eleitoral no próximo mês de março demonstra claramente e de forma inequívoca a estreita e profunda relação de amizade e fraternidade existente entre Portugal e a Guiné-Bissau", afirmou o embaixador de Portugal em Bissau, António Alves de Carvalho.

Na mesma ocasião, o representante da União Africana em Bissau, o embaixador Ovídeo Pequeno, adiantou que o envio da missão de observação eleitoral a Bissau está confirmado e que a União Africana está "apenas a finalizar questões administrativas".

Segundo Ovídeo Pequeno, esta missão é "muito alargada", inclui observadores provenientes de países africanos de língua portuguesa e vai estar na Guiné-Bissau entre 1 e 15 de março.

Saltar a secção Mais sobre este tema
Saltar a secção Conteúdo relacionado