Turquia prende suspeitos de planejar ataques a embaixadas | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 16.09.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Turquia prende suspeitos de planejar ataques a embaixadas

Alvos seriam missões diplomáticas da Alemanha e do Reino Unido. Ligação dos quatro detidos em Ancara e Istambul com grupos terroristas não é confirmada pelas autoridades.

Embaixada alemã em Ancara

Embaixada alemã em Ancara

Autoridades da Turquia prenderam quatro suspeitos de planejar atentados contra representações diplomáticas da Alemanha e do Reino Unido durante o feriado muçulmano de Eid al-Adha, nesta semana. Não foram constatadas associações dos suspeitos a grupos terroristas, informou nesta sexta-feira (16/09) a agência estatal de notícias Anadolu.

As investigações ocorreram após informações dos serviços de inteligência sobre potenciais planos da organização extremista "Estado Islâmico" (EI) de realizar atentados contra as missões diplomáticas. Três dos suspeitos foram presos em Ancara, e o outro, em Istambul.

A embaixada britânica foi fechada nesta sexta-feira por razões de segurança. O embaixador em Ancara, Richard Moore, afirmou no Twitter que o fechamento seria uma "precaução apropriada" nessas circunstâncias.

A embaixada alemã já havia informado em seu portal de internet iria limitar seus trabalhos nesta semana por ocasião do Eid al-Adha, iniciado nesta segunda-feira e que tradicionalmente dura quatro dias. A Turquia sofreu uma série de ataques do EI e de militantes curdos ao longo do último ano.

RC/ap/rtr

Leia mais