Suspeito de terrorismo se entrega no Mato Grosso | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 23.07.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Suspeito de terrorismo se entrega no Mato Grosso

Homem era um dos dois foragidos buscados pela Polícia Federal por suspeita de planejar atos de terrorismo durante os Jogos Olímpicos do Rio. Operação Hashtag prendeu dez pessoas.

Um dos brasileiros investigados na chamada Operação Hashtag e que estava foragido se entregou nesta sexta-feira (22/07) a policiais federais no Mato Grosso. A operação tem como alvo um grupo acusado de planejar atos terroristas no Brasil.

De acordo com a Polícia Federal, o homem será encaminhado a um presídio federal após ser ouvido por agentes. Ele se entregou por volta das 18h na cidade de Vila Bela da Santíssima Trindade, que faz fronteira com a Bolívia.

Nesta quinta-feira, dez pessoas foram presas em dez estados brasileiros e encaminhadas para a penitenciária federal de segurança máxima em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Com a 11ª prisão, resta apenas um suspeito foragido. A operação da PF investiga a possível participação dos 12 brasileiros numa organização criminosa de alcance internacional, como uma célula do "Estado Islâmico" (EI). O grupo é suspeito de planejar atos terroristas durante os Jogos Olímpicos do Rio.

Nesta quinta-feira, o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, afirmou que o grupo preso passou a planejar de fato "atos preparatórios" de ataques após postar simples comentários em aplicativos de trocas de mensagens, como Whatsapp e Telegram. Moraes descreveu a suposta célula terrorista como "absolutamente amadora, sem nenhum preparo".

LPF/abr/ots

Leia mais