1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Salvos do vexame

Alemanha defende liderança do grupo nas eliminatórias da Eurocopa ao derrotar fora de casa as Ilhas Faroe por 2 a 0. Com fraco desempenho, vice-campeões mundiais se salvaram do fiasco nos dois últimos minutos de jogo.

default

Klose comemora gol à sua maneira

Os gols de Miroslav Klose e Fredi Bobic, aos 44 e 45 minutos do segundo tempo, salvaram a Alemanha de um vexame histórico nesta quarta-feira (11) contra o time amador das Ilhas Faroe. Com a vitória de 2 a 0 sobre a equipe local (2 a 1 para os alemães na ida), o time de Rudi Völler lidera o Grupo 5 com 11 pontos, seguido pela Islândia com 9 e a Escócia com 8. Lituânia, com um jogo a mais, soma 7, e as Ilhas Faroe, apenas um.

Apesar do mau desempenho da Alemanha contra uma seleção de nível técnico claramente inferior ao dos vice-campeões mundiais (estão em 113º no ranking da FIFA), Rudi Völler e seus jogadores limitaram-se aos comentários de praxe. "Sempre acreditei na vitória, os jogadores apenas tornaram a partida mais emocionante, mas não posso acusá-los de nada", justifica o treinador.

O capitão Oliver Kahn preferiu culpar a bola: "Fizemos pressão pelo gol durante 90 minutos. Tivemos muitas chances, mas a bola simplesmente não queria entrar." Apenas Franz Beckenbauer vem advertindo para o fraco rendimento da equipe: "Demos um passo para trás, após o segundo lugar na Copa da Ásia".

Rejuvenescimento da equipe

A estratégia de Völler está sendo o engajamento de jogadores jovens, provavelmente já pensando na Copa de 2006, em casa. Ao menos esta vem sendo sua estratégia desde o Mundial do ano passado. Nenhum dos 35 convocados foi escalado desde o início nas 11 partidas disputadas neste tempo pela Seleção Alemã. O recorde, de jogar em 10 partidas, foi atingido por Friedrich, Ramelow, Schneider, Klose e o estreante Freier.

Outro fator que contribuiu para que 2002/2003 fosse a pior temporada de Völler no comando da equipe foram as lesões, que atingiram principalmente estrelas como Kahn, Ballack, Hamann e Metzelder.

Nos 11 jogos disputados desde agosto do ano passado, a Alemanha venceu cinco, empatou quatro e perdeu dois (contra a Holanda e a Espanha). O artilheiro da temporada foi Fredi Bobic, que balançou as redes cinco vezes em sete jogos.

Próximos desafios

A próxima temporada para a Seleção Alemã de Futebol começa a 20 de agosto, quando disputa um amistoso contra a Itália, em Stuttgart. As eliminatórias para a Eurocopa em Portugal prosseguem a 6 de setembro, contra a Islândia, em Reikjavik.

Um adversário perigoso, que chegou à segunda colocação no grupo, após derrotar a Lituânia por 3 a 0. Quatro dias mais tarde, em Dortmund, os alemães voltam a enfrentar a Escócia, com quem empataram em um gol no último sábado.

Leia mais