1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Putin telefona para Elton John e propõe encontro

Agora é de verdade: presidente russo faz ligação telefônica ao cantor britânico e pede desculpas por trote da semana passada. Segundo Kremlin, ambos podem se reunir e discutir "quaisquer questões" caso agendas permitam.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez uma chamada telefônica ao cantor britânico Elton John e concordou em se encontrar com ele, disse o gabinete do presidente russo nesta quinta-feira (24/09). Na semana passada, o renomado astro da música foi enganado por pessoas personificando o homem forte da Rússia.

"Putin [...] teve uma conversa com Elton John", confirmou o porta-voz do presidente russo, Dmitri Peskov. Segundo ele, Putin disse ao cantor para não ficar enfurecido com a atitude de dois "brincalhões" que o tinham enganado na semana passada.

"Putin ligou e disse: 'Eu sei que alguns caras realizaram uma brincadeira por telefone com você. Não fique ofendido. Eles são inofensivos, mas é claro que isso não tira a culpa deles", disse Peskov, citado pela agência estatal de notícias RIA Novosti.

britischer Sänger Elton John bedankt sich bei Putin

Na semana passada, Elton John escreveu que Putin havia telefonado pedindo por um encontro

Elton John não confirmou imediatamente o telefonema em sua conta no Instagram, onde anunciou a falsa chamada de Putin na semana passada. "Obrigado ao presidente Vladimir Putin por estender a mão e falar ao telefone comigo hoje", escreveu o cantor na ocasião. "Estou ansioso para me reunir com você e discutir a igualdade LGBT na Rússia."

Na época, porém, o Kremlin desmentiu imediatamente. "Posso dizer com total autoridade que o presidente Putin não falou com Sir Elton John", afirmou Peskov, na semana passada.

O porta-voz não disse se Putin concordou em discutir o mesmo assunto em sua verdadeira chamada com o famoso cantor britânico. "Putin disse saber quão popular é o artista Elton John. E se as agendas corresponderem no futuro, ele está pronto para se encontrar e discutir quaisquer questões que lhe interessam", garantiu Peskov.

Em 2013, a Rússia baniu a "promoção" da homossexualidade na frente de menores de idade. O país também proibiu a igualdade de casamento, e as autoridades russas se referem aos esforços de ativistas de direitos humanos como "propaganda". Neste ano, a Rússia começou a negar carteiras de motorista a transsexuais. Além disso, houve pedidos para banir a bandeira internacional LGBT e manifestantes foram detidos numa marcha do orgulho gay.

Elton John, que tem dois filhos adotivos com seu marido, o cineasta canadense David Furnish, disse que espera usar sua influência para promover a tolerância. Ele se apresentou na ex-União Soviética, em 1979, e ainda regularmente realiza shows na Rússia.

PV/afp/rtr/ap

Leia mais