1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Presidente da Volkswagen pede desculpas por fraude

Em vídeo institucional, Martin Winterkorn afirma que escândalo "contradiz tudo o que a montadora defende". Empresa vendeu 11 milhões de carros a diesel com software que adultera dados sobre emissões de poluentes.

Num vídeo institucional divulgado nesta terça-feira (22/09), o presidente da Volkswagen, Martin Winterkorn, pediu desculpas pelo escândalo de fraude nos testes de emissões de gases poluentes em carros a diesel vendidos nos Estados Unidos.

Winterkorn enfatizou que o episódio "contradiz tudo o que a Volkswagen defende". "Peço desculpas formais aos nossos clientes, às autoridades e ao público em geral por esse desvio de conduta", afirmou na gravação divulgada no site da empresa.

O presidente da montadora alemã garantiu que o caso será amplamente investigado, com rapidez e transparência.

O caso gerou especulações sobre uma possível saída de Winterkorn do cargo. Ele, no entanto, não tocou no assunto. O executivo ressaltou que seria um erro "se grandes falhas de poucas pessoas fossem vistas como um motivo para colocar o trabalho honesto de 600 mil pessoas sob suspeita".

O presidente do conselho de funcionários da Volkswagen, Bernd Osterloh, disse que fará "todo o possível para garantir que o assunto seja esclarecido rapidamente" e que haja consequências para os responsáveis.

Nesta terça-feira, foi revelado que

11 milhões de carros a diesel

vendidos no mundo pela VW estão equipados com o software que manipula dados sobre emissões de poluentes. Após a divulgação, as ações da empresa caíram quase 20% na Bolsa de Valores de Frankfurt.

A Volkswagen é acusada de instalar um software que maquia em até 40% as emissões em modelos a diesel vendidos nos EUA e ter enganado a Agência de Proteção Ambiental americana (EPA). A montadora já admitiu a manipulação, que pode lhe render multas de até 18 bilhões de dólares, além dos custos com recalls e consertos.

KG/dpa/afp

Leia mais