1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

O sexo dos celulares

Três designers da cidade de Colônia explicam como definir um objeto como masculino ou feminino, através de exemplos e comparações divertidas baseadas na psicologia.

default

Celular de formato arredondado: estilo feminino

Além dos seres humanos e animais, os objetos também possuem gênero. Um aparelho de celular, dependendo do formato, cor, tamanho e até da posição de abertura da tampa, pode ter uma conotação feminina ou masculina.

Esta constatação está no estudo comparativo "Sobre a sexualização consciente e inconsciente de produtos", desenvolvido por três designers de Colônia para o Secretaria de Ciência e Pesquisa do Estado da Renânia do Norte-Vestfália, Alemanha.

Como identificar se um celular é masculino ou feminino? Basta observar dois modelos distintos. Enquanto um é arredondado e em tons de vermelho, o masculino tem formato quadrado e é azul.

Baseada na psicologia e nas preferências dos sexos, uma das responsáveis pelo estudo, a professora de design Uta Brandes, da Escola Superior Técnica de Colônia, explica que as diferenças são reforçadas pela "encenação expressiva" dos objetos.

"As mulheres carregam o celular como uma jóia ou um acessório, a ser trocado diariamente – como se troca a roupa. Já o homem porta o aparelho como se fosse um revólver, no cinto ou no bolso da calça, preso por uma correia", ilustra Uta Brandes.

Há celulares que se abrem para trás, evocando um estojo de maquiagem ou de pó compacto. Noutros, a tampa é levantada para a frente, o que faz pensar num capô de automóvel – este objeto da adoração masculina.

Handy Gedicht - Artikelbild

Aparelho de formato quadrado: estilo masculino

Alguns modelos claramente reproduzem as particularidades físicas dos sexos. Os celulares "de homem" costumam dar ênfase à antena e ter contornos quadrados. Numa variante feminina, o formato básico será oval, "teclado, tela e alto-falante formam juntos a silhueta de uma mulher exuberante, com quadris redondos e largos", explica Sonja Stich.

Bolsas, cadeiras e outros objetos

Não é só nos celulares que se manifesta essa "sexualização". Mochilas, bolsas e sofás também seguem esta tendência de moda e estilo. Uma mochila reta e alargada na parte superior pode ser vista como referência aos ombros largos masculinos.

Compare-se ainda as cadeiras em formato de cisne e ovo – mais aconchegantes –, de conotação claramente maternal e feminina, com as de tendência retangular, feitas de materiais como aço e couro.

Esses aspectos diferenciadores dos sexos são fortemente utilizados pela indústria de eletrônicos e decoração. Clichês ou não, ha nora da escolha do produto, o inconsciente é quem manda.

Sonja Stich acredita até mesmo que, se os aspiradores de pó lembrassem mais a forma e função de carros de esporte (por exemplo, sendo movimentados a alta velocidade e por controle remoto), os homens certamente limpariam a casa com mais freqüência.

Leia mais

Links externos