1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Dedo-duro por celular

A polícia alemã está usando a tecnologia SMS (mensagens curtas de texto) para procurar bandidos através de celulares. A iniciativa recebeu fortes críticas.

default

Procura-se bandido por celular!

A utilização do celular para combater o crime é uma novidade mundial, afirma o ministro alemão do Interior, Otto Schilly, mentor da idéia.

Como funciona? Muito simples: as informações sobre pessoas procuradas pela polícia são enviadas aos telefones celulares através de SMS, que são mensagens curtas de textos. As mensagens da polícia são mais ou menos assim:

“Assalto a banco, polícia procura dois homens de 30 anos vestindo jeans, blusões pretos, fugindo num BMW 5”.

Ao enviar essas mensagens, a polícia visa sobretudo as pessoas que circulam nas vias públicas, como motoristas de ônibus e de táxi e seguranças. Mas também guardas florestais, quando se trata por exemplo de seqüestros de crianças em zonas rurais.

Para receber as mensagens, o usuário do celular precisa ter mais de 16 anos e se registrar no site web da polícia. Depois de registrado, o cidadão pode também mandar mensagens a qualquer momento para a polícia, comunicando suas suspeitas.

Mentalidade de dedo-duro

A polícia alemã sempre pediu a colaboração do cidadão no combate ao crime, muito antes de existir o telefone celular e a Internet. Geralmente usam-se cartazes colocados nas ruas, anúncios em jornais e apelos pela televisão.

Mas a iniciativa do ministro do Interior está sendo duramente criticada. A utilização de telefones celulares estimula a mentalidade de “dedo-duro” na Alemanha, segundo o político Jörg Tauss, especialista em mídia do SPD (Partido Social Democrata).

Tauss pediu ao ministro Schilly para suspender imediatamente esta medida e não ficar dando ouvidos às besteiras propostas pela Polícia Federal.

Disputa entre Estados e Polícia Federal

Na verdade, esta crítica é mais um episódio na disputa de poder que está sendo travada, por trás dos bastidores, entre as polícias dos estados alemães e o Departamento Federal de Criminalística, o Bundeskriminalamt (BKA), equivalente alemão do FBI americano.

As polícias dos Estados de Baden-Württemberg e da Baviera, assim como a da cidade de Colônia, não aderiram ao serviço de buscas por celular.

O secretário da Justiça do Estado da Renânia-Palatinado, Herbert Mertin (Partido Liberal), deixou bem claro que este método é ilegal, pois o combate ao crime cabe aos Estados, conforme a constituição alemã..

Positivo ou negativo?

O sistema de busca por mensagens SMS foi testado desde setembro de 2002 em 11 diferentes unidades policiais da Alemanha. Os resultados foram tão positivos que o BKA e várias polícias estaduais resolveram incorporá-lo, justificou o Ministério do Interior.

Esta opinião, porém, não é compartilhada por relatos da mídia, que falam apenas de “resultados modestos”. Durante um período de testes, um ano atrás, teria sido localizado por esse meio apenas um único bandido.

O jornal Ostthüringer Zeitung, do Leste da Alemanha, afirmou que a relação entre custo e benefício foi altamente desfavorável durante um teste realizado na cidade de Iena.

Leia mais