1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Microsoft conclui compra da Navision

Ao comprar a firma dinamarquesa por 1,3 bilhão de dólares, a gigante americana tornou-se concorrente direta da SAP, a líder européia em software de administração empresarial.

default

Steve Ballmer (e) da Microsoft e Gerhard Schröder, durante inauguração da CeBIT, em março

A Microsoft irá concorrer diretamente com a SAP alemã, a líder européia em software de administração de empresas. A compra da Navision dinamarquesa, quinta empresa européia de software, por 1,3 bilhão de dólares (1,4 bilhão de euros) foi confirmada nesta terça-feira (07), em Copenhague, por Waldemar Schmidt, presidente do conselho administrativo da empresa.

Microsoft fortalece presença na Europa

A gigante americana fortaleceu a sua presença na Europa e pretende fazer da sede da Navision na capital dinamarquesa seu maior centro de desenvolvimento de software fora dos EUA, indicou Schmidt. A Navision será integrada ao setor Business Solutions da Microsoft, concentrando suas atividades voltadas para a Europa, o Oriente Médio e a África.

A Navision cria software para empresas de porte médio, o que representa concorrência num setor em que a SAP pretende expandir sua atuação. Com sua oferta de 300 coroas (40 euros) por ação, a Microsoft superou em 12% a cotação da ação da Navision na bolsa de Copenhague, na segunda-feira (06). Enquanto as ações da firma dinamarquesa tiveram uma valorização de 11% na bolsa de Copenhague, as da SAP perderam mais de 4% em Frankfurt.

A Navision faturou 380 milhões de coroas (51,126 milhões de euros) no terceiro trimestre do corrente ano fiscal. Entre seus principais clientes estão a cadeia sueca de lojas de móveis Ikea, o jornal norueguês Aftenposten e o fabricante austríaco de janelas Lederbauer.

O novo desafio da gigante americana

A aquisição é o segundo passo que a Microsoft dá para se estabelecer no mercado de softwares para empresas. No ano passado, a firma de Bill Gates e Steve Ballmer comprou a Great Plains, uma pequena firma norte-americana, por 1,1 bilhão de dólares. Para os analistas do setor de software, a Microsoft está diante de um grande desafio que será integrar seus diversos segmentos, produtos e redes de distribuição.

SAP teme extensão do domínio da Microsoft

Durante a última feira de computadores CeBIT, em março deste ano, a SAP alemã anunciou uma iniciativa no setor das empresas de porte médio, ligada à compra da firma israelense de software Topmanage. "A SAP vai observar atentamente qual é a estratégia que está por trás da incorporação da Navision", disse o porta-voz da empresa alemã, Herbert Heitmann.

Com sua forte posição no tocante ao sistema operacional (Windows) e ao chamado Groupware-Software (Outlook), a Microsoft pode tentar estender seu domínio também ao setor de manutenção de contatos com clientes ( Customer Relationship Management), diz Heitmann. "No entanto, vai demorar muito até que a Navision se transforme na Microsoft", avalia o porta-voz da SAP.

Leia mais