1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Microsoft anuncia corte de 7.800 postos de trabalho

Empresa pretende reorganizar divisão de telefones celulares, que enfrenta dificuldades para conquistar mercado, e vai registrar perda de 7,6 bilhões de dólares com a compra da Nokia.

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (08/07) que vai cortar 7,8 mil postos de trabalho, o equivalente a 6% de seu quadro de funcionários, e reorganizar a divisão de telefones celulares, que enfrenta dificuldades para conquistar mercado.

Os novos cortes se somam aos

18 mil empregos que foram eliminados no ano passado

, depois de a empresa ter adquirido a divisão de celulares da finlandesa Nokia. A maioria dos cortes anunciados nesta quarta-feira também afeta ex-funcionários da Nokia.

A Microsoft também vai registrar uma perda de 7,6 bilhões de dólares relacionada ao negócio, valor superior aos 7,3 bilhões de dólares pago em abril do ano passado à Nokia, e ainda arcará com custos de 750 milhões a 850 milhões de dólares com os novos cortes.

Com a compra da divisão de celulares da Nokia, a Microsoft fez um esforço de redirecionamento para o setor de telefones móveis e serviços na internet, diante de uma desaceleração do tradicional setor de softwares. No entanto, o sistema operacional Windows Phone conquistou pouco espaço em relação ao iPhone, da Apple, e ao Android, da Google. Uma pesquisa da empresa de análise IDC indica que o Windows deve conquistar apenas 3,2% do mercado global de smartphones neste ano.

Em comunicado, a Microsoft afirmou que iria "reestruturar o setor de hardware telefônico da companhia para focar e alinhar melhor recursos". A multinacional tem cerca de 120 mil empregados mundo afora, cerca de metade deles nos Estados Unidos.

LPF/ap/afp/efe

Leia mais