1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

Em Frankfurt, brasileiros leem manifesto por impeachment de Dilma

Grupo reunido no centro histórico da capital financeira da Alemanha também pede a prisão de Lula. "Não aceitamos que Dilma acabe com a Lava Jato", afirmam.

Cerca de 40 brasileiros protestaram no centro de Frankfurt neste domingo (13/03) para exigir o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Erguendo bandeiras do Brasil, o grupo se reuniu na praça Römerberg, no centro histórico da cidade.

O organizador do protesto, o carioca Peter Jacubowsky, leu um manifesto que foi repetido em coro pelos participantes. "Não aceitamos que Dilma acabe com a Lava Jato. Ninguém está acima da lei: nem Lula, nem ninguém", disseram em frente à antiga prefeitura de Frankfurt.

"Queremos a renúncia ou o impeachment de Dilma", afirmou Jacubowsky. "Somos contra um golpe militar."

O grupo repetiu o bordão "Fora Dilma, Lula na cadeia" diversas vezes durante a manifestação. As faixas continham mensagens de apoio à Polícia Federal e às investigações da Operação Lava Jato. "Juiz Moro, temos orgulho de você!", dizia um dos cartazes.

"Vim pedir a saída da presidente pelo crime de responsabilidade fiscal e exigir que as investigações da Lava Jato sigam adiante sem pressão política", disse o engenheiro Eduardo Cardoso, que viajou duas horas desde Bonn, no noroeste da Alemanha, para se juntar à manifestação. Brasileiros que vivem em Münster e Nurembergue também participaram.

Questionado sobre a expectativa de sucessão política com uma eventual saída de Dilma do cargo, Cardoso disse que é importante que os políticos "entendam o recado": "Respeitem as leis porque agora nós e as autoridades estaremos vigiando cada passo que vocês derem. Não temos receio de ir para as ruas outra vez para exigir que a lei seja cumprida."

Cerca de 50 brasileiros também se reuniram para protestar neste domingo em Berlim

. No sábado,

um grupo de também 50 pessoas protestou no centro de Munique, na Baviera

.

Leia mais