1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Do Rio para Bonn

A pacata cidade às margens do Reno não caiu no esquecimento após a saída do governo federal. Além de sediar órgãos da ONU, criados na Rio 92, Bonn abriga mais de 150 instituições governamentais e ONGs.

default

Haus Carstanjen, em Bonn, prédio que abriga órgãos da ONU

Com a mudança do governo federal para Berlim, em 1999, Bonn soube aproveitar a infra-estrutura existente para se tornar um centro de instituições de âmbito internacional, voltadas ao trabalho cooperativo, humanitário, de ajuda ao desenvolvimento e preservação ambiental.

Mais de 150 ONGs e organizações governamentais, 11 órgãos da ONU, além de diversos institutos de pesquisa acadêmica estão sediados em Bonn. Graças especialmente à permanência dos Ministérios do Meio Ambiente e da Cooperação Econômica, outras instituições relacionadas aos mesmos campos de atuação decidiram optar pela cidade.

Cidade alemã das Nações Unidas

Vereinte Nationen Flagge

Bandeira das Nações Unidas

A prefeita de Bonn, Bärbel Dieckmann, afirmou que sente orgulho em atestar que Bonn é a primeira cidade das Nações Unidas na Alemanha, por concentrar 11 órgãos da organização, a maioria criada durante a Rio 92. "Bonn é cidade da ONU desde 1996 e hoje conta com 11 órgãos e um total de 480 funcionários. Ainda é um pequeno, mas bem diversificado centro da ONU. De maneira geral, posso dizer que todos os órgãos oriundos da convenção do Rio estão sediados aqui, com exceção do secretariado da biodiversidade, que está no Canadá", resumiu Dieckmann.

Ainda este ano a Universidade das Nações Unidas irá inaugurar em Bonn um centro de pesquisas sobre meio ambiente e sociedade, consolidando ainda mais o novo perfil desta cidade com cerca de 310 mil habitantes.

Mais vida e investimentos

Münsterplatz in Bonn

Centro de Bonn

O expressivo número de organizações contribui para incrementar a vida social e cultural de Bonn, que já conta com um bem estruturado complexo de museus. Diversos eventos de expressão internacional são realizados na cidade, em locais usados anteriormente pelo governo e o Parlamento, como o ex-plenário e o prédio que abrigava os escritórios dos deputados.

Em março, será realizado um simpósio com representantes da ONG Médicos Sem Fronteira; em maio, uma conferência internacional sobre florestas e espécies animais e, em outubro, um encontro mundial que irá abordar as catástrofes naturais, apenas para citar alguns exemplos.

Todos esses eventos movimentam a rede hoteleira, o comércio e a gastronomia de Bonn e arredores. Calcula-se que somente os 11 órgãos da ONU gastem cerca de 60 milhões de euros por ano, quantia que indiretamente acaba se revertendo em benefícios para a cidade.

Dando o exemplo

Rathaus Bonn Stadt Bonn

Prefeitura de Bonn

A prefeitura de Bonn não contribui apenas com a infra-estrutura para estimular a vinda de instituições de ajuda humanitária e meio ambiente. A cidade dá o exemplo mantendo projetos de parceria cultural e de troca de conhecimentos com cidades em desenvolvimento, como Minsk, capital de Belarus, Chengde, na China, Ulan Bator, capital da Mongólia, e La Paz, na Bolívia. Essa postura é bastante elogiada pelas organizações locais.

ONU em Bonn

As 11 instituições da ONU sediadas em Bonn são:

  • Programa de Voluntários das Nações Unidas (UNV)
  • Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC)
  • Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação (UNCCD)
  • Convenção Internacional de Bonn pela Conservação das Espécies Migratórias (CMS / UNEP)
  • Centro de Informações das Nações Unidas (UNIC)
  • Centro Internacional para o Ensino e Formação Técnica e Profissional ligado à UNESCO (UNEVOC)
  • Escritório Regional do Centro Europeu de Meio Ambiente e Saúde da OMS (WHO)
  • Escritório da Organização Internacional do Trabalho (ILO)
  • Centro de Estudo e Pesquisa sobre Meio Ambiente e Segurança Humana (UNU / EHS)

Leia mais

Links externos