DAX faz 20 anos | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 01.07.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

DAX faz 20 anos

O DAX completa 20 anos. Em 1º de junho de 1988, o índice de referência da bolsa de valores alemã foi introduzido oficialmente. Embora ele seja relativamente recente, sua trajetória foi marcada por turbulências.

default

DAX é calculado de segundo em segundo

Os alemães não são exatamente um povo de acionistas. O DAX, no entanto, acabou se tornando uma marca forte, um símbolo dos altos e baixos do mercado financeiro – e também um símbolo do crescente bem-estar, crescendo de mil para 8 mil pontos. Em 1º de julho de 1988, o DAX foi calculado pela primeira vez e fixado em 1.163 pontos.

Antes disso, não havia nenhuma referência central. Para fazer uma idéia da movimentação da bolsa, podia-se acompanhar o índice do Frankfurter Allgemeine Zeitung ou o do Commerzbank, divulgados uma vez por dia. Atualmente, o cálculo do DAX é feito por segundo.

Entra-e-sai na lista das 30 maiores empresas

O índice alemão de ações espelha o desenvolvimento das 30 maiores empresas nacionais listadas na Bolsa de Frankfurt. As firmas têm pesos diferentes e influenciam o cálculo do índice de acordo com o volume de transações e a capitalização de mercado. O DAX é, por assim dizer, o guardião da estabilidade.

Até hoje, a listagem de empresas mudou 24 vezes. A primeira ocorreu em 1990, quando a Metallgesellschaft substituiu a indústria de celulose Feldmühle Nobel. Com a Continental, fabricante de pneus, uma empresa conseguiu reingressar após ter saído do DAX.

No mais, a lista das 30 maiores firmas se alterou em decorrência de fusões empresariais. A Thyssen e a Krupp se juntaram; a fusão da Veba e da Viag resultou na Eon; e o HypoVereinsbank abriu espaço para a Adidas.

Também houve uma ocorrência curiosa: após o conglomerado químico Lanxess ter se separado da Bayer, o DAX teve um dia em que foi calculado com base em 31 valores, em 31 de janeiro de 2005.

Empresas do DAX nas mãos de investidores estrangeiros

O índice alemão de ações é mais do que um barômetro da bolsa. Ele acabou gerando uma indústria financeira em torno de si. Fundos de investimento acompanham o desenvolvimento do DAX, o que o torna ainda mais interessante.

Muitos analistas do mercado financeiro consideram o DAX no mesmo nível que o Dow Jones, da Wall Street. Assim como o Dow simboliza os Estados Unidos, o Dax alemão, FTSE britânico e o CAC 40 francês representam a Europa.

O interesse em investir na Alemanha aumenta cada vez mais. Um indício disso é que, no final de 2007, as 30 empresas listadas no DAX estavam majoritariamente nas mãos de investidores estrangeiros.

Leia mais