1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Contando ovelhas

"Os transtornos do sono são uma enfermidade da civilização", assegura o diretor da Clínica Universitária de Leipzig. E mesmo que muitos padeçam dessa enfermidade, ela encerra riscos que não devem ser subestimados.

default

O sono tranqüilo é cada vez mais raro

Os roncos de um casal podem ser motivo de brigas conjugais. Isto é conhecido por todos os que têm de dormir ignorando o ruído, às vezes exasperador, que é emitido pela cara metade do outro lado da cama. Mas são poucos os que levam o problema a sério. Apesar das advertências médicas sobre o enorme perigo que pode representar a apnéia – a parada respiratória decorrente do ronco.

Segundo Jürgen Zulley, um pesquisador do assunto, "roncar pode ser extremamente perigoso". O estreitamento das vias respiratórias dificulta a inspiração durante o sono, provocando assim uma parada respiratória de alguns segundos. Nos casos extremos, tal parada respiratória pode durar até alguns minutos. E ter mesmo conseqüências letais.

Cansaço e depressão

Freqüentemente, o fenômeno denominado apnéia não é diagnosticado corretamente. Suas conseqüências mais comuns são o cansaço diurno, a queda de rendimento e até mesmo alterações de personalidade, como irritação ou estado depressivo. Além disto, aumenta o risco de hipertensão arterial.

Ausländische Besucher schlafen auf der CeBIT

Cansaço diurno é conseqüência de distúrbio do sono noturno

De acordo com a Academia Alemã de Saúde e Sono, dormir é uma das mais subestimadas entre as necessidades vitais básicas. De fato, o ser humano passa aproximadamente dois terços da sua vida dormindo: sempre que se trate de uma pessoa saudável que tenha tranqüilidade para conciliar o sono.

Segundo Joachim Schauer, diretor da Clínica Universitária de Leipzig, as preocupações econômicas, os problemas conjugais, o medo do futuro e a tensão de maneira geral afetam um número crescente de pessoas. "As alterações do sono provocadas por cargas psíquicas são cada vez mais freqüentes", afirma o especialista.

Sono infantil

Por outro lado, são alarmantes também as pesquisas de distúrbios do sono no setor da pediatria, afirma o neurologista infantil Andreas Merkenschlager. Cerca de 1% das crianças entre 4 e 5 anos de idade sofre de apnéia noturna, com diversas paradas respiratórias todas as noites. "Na maioria dos casos, o problema é causado por amígdalas hipertrofiadas", afirma. Mas também o consumo excessivo de televisão e de jogos de computador fazem com que as crianças e adolescentes durmam mal, o que chega a afetar o processo de crescimento.

Os especialistas distinguem 88 tipos diversos de distúrbios do sono, que vão desde a insônia até à apnéia de grau elevado. A maioria desses distúrbios pode ser curada através de uma terapia adequada. Na Alemanha, existem 240 "laboratórios de sono", especializados em diagnosticar as causas individuais do distúrbio e em oferecer ajuda para que o problema possa ser superado.

Na internet alemã existe também um site denominado Schnarch Shop ("loja do ronco"), que oferece inúmeros produtos – desde máscaras até aparelhos eletrônicos – com uma única finalidade: impedir o ronco noturno, restabelecendo assim a paz entre os casais.

Leia mais

Links externos