1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Blogueiro saudita inicia greve de fome

Esposa de Raif Badawi confirma protesto de marido após transferência de prisão. Ativista preso na Arábia Saudita desde 2012 foi condenado por suas postagens críticas e por defender liberdade de expressão.

O blogueiro saudita Raif Badawi, de 31 anos, iniciou uma greve de fome, anunciou nesta quinta-feira (10/12) a esposa do ativista, Ensaf Haidar. Seu protesto começou na terça-feira, após sua transferência para uma prisão isolada.

Badawi foi condenado no seu país a dez anos de prisão, mil chibatadas e uma multa equivalente a 195 mil euros, por suas postagens críticas. A condenação do ativista que luta pela liberdade de expressão ganhou atenção internacional e provocou duras críticas por parte da ONU, dos EUA e da União Europeia (UE).

Após receber as primeiras chibatadas em janeiro deste ano, a punição física ao ativista deveria continuar semanalmente, mas foi suspensa por motivos de saúde.

Em seu site, Liberais sauditas livres, o blogueiro apontava abusos políticos e sociais na Arábia Saudita. Ele foi preso pela primeira vez há sete anos sob o pretexto de iniciar uma "página eletrônica" que insulta o islã.

A Anistia Internacional ainda não confirmou a greve de fome. Uma representante da organização em Montreal disse, no entanto, que eles foram informados sobre a transferência de Badawi. A esposa do ativista, Ensaf Haidar, que está exilada no Canadá.

Em outubro, o blogueiro foi agraciado com o

Prêmio Sakharov

de direitos humanos e liberdade de pensamento de 2015, do Parlamento Europeu. E, em fevereiro, a Deutsche Welle o concedeu o prêmio

Freedom of Speech

(Liberdade de Expressão).

CN/rtr

Leia mais