Serra Leoa: Taco a taco nas eleições presidenciais | Internacional – Alemanha, Europa, África | DW | 12.03.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Internacional

Serra Leoa: Taco a taco nas eleições presidenciais

Candidato da oposição vai ligeiramente à frente na contagem dos votos, segundo os últimos resultados provisórios. Concorrente do partido no poder segue 15.000 votos atrás. Cenário mais provável será segunda volta.

Julius Maada Bio, candidato do maior partido da posição à Presidência da Serra Leoa, lidera na contagem dos votos.

Bio, do Partido do Povo da Serra Leoa (SLPP), vai à frente com 43,4% dos votos, de acordo com os resultados provisórios divulgados no domingo (11.03) pela Comissão Nacional Eleitoral. Samura Kamara, o candidato do Congresso de Todos os Povos (APC, no poder), seguia pouco atrás com 42,6% dos votos, numa altura em que já foram apurados os resultados de 75% das assembleias.

Face a estes valores, o cenário mais provável será a realização de uma segunda volta das eleições presidenciais, uma vez que, para vencer na primeira volta, é necessário que um dos candidatos conquiste mais de 55% dos votos.

Wahlen in Sierra Leone

Fila para votar nas eleições gerais de de 7 de março na Serra Leoa

Eleições "credíveis e transparentes"

Mais de três milhões de eleitores da Serra Leoa foram chamados às urnas a 7 de março para eleger o sucessor de Ernest Bai Koroma, que está na Presidência desde 2007. Na corrida participaram 16 candidatos. Os serra-leoneses foram também chamados a escolher a nova composição do Parlamento.

Os observadores da União Europeia consideraram, no final da semana passada, que as eleições na Serra Leoa foram "credíveis, bem organizadas e transparentes". Registaram, no entanto, episódios "de violência e de intimidação contra candidatos e ativistas que afetaram o processo eleitoral".

Uma organização sediada em Freetown, a Campanha Internacional pelos Direitos Humanos e Desenvolvimento (CHRDI, na sigla em inglês) criticou a polícia por "espancar manifestantes desnecessariamente" durante tumultos na capital entre apoiantes dos dois maiores partidos.

A divulgação dos resultados finais das eleições na Serra Leoa está prevista para os próximos dias. Se os resultados dos candidatos se mantiverem, uma segunda volta das presidenciais deverá realizar-se duas semanas depois.

Leia mais