1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

25 de Abril de 1974

A Revolução de 25 de Abril, também conhecida como Revolução dos Cravos, foi um período da história de Portugal resultante do Movimento das Forças Armadas que depôs o regime ditatorial do Estado Novo.

A 25 de abril de 1974 deu-se um golpe de estado em Portugal que colocou um ponto final no regime ditatorial em vigência desde 1933, sistema no qual António de Oliveira Salazar foi a principal figura. Às primeiras horas da manhã de 25 de abril de 1974, militares de vários ramos ocuparam pontos estratégicos na capital portuguesa com o objetivo de derrubar o regime, na altura encabeçado por Marcello Caetano. Os sinais de código para dar o arranque das operações – canções de Paulo de Carvalho e Zeca Afonso – foram transmitidos através da rádio nas horas anteriores. A zona dos ministérios, órgãos de comunicação e outros locais considerados sensíveis foram subjugados pelos militares sublevados. O Presidente do Conselho de Ministros, Marcello Caetano, refugiou-se no Quartel do Carmo, de onde saiu sob escolta militar do capitão Salgueiro Maia, em direção ao exílio. Nas horas seguintes foi criada a Junta de Salvação Nacional. Toda esta ação foi liderada por um movimento militar, o Movimento das Forças Armadas (MFA), que era composto na sua maior parte por capitães que tinham participado na Guerra Colonial.

Ver mais