Zagueiro brasileiro Lúcio deixa o Bayern de Munique após cinco anos | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 16.07.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Zagueiro brasileiro Lúcio deixa o Bayern de Munique após cinco anos

Capitão da seleção brasileira troca o Bayern de Munique pela Inter de Milão, com quem assina contrato de três anos. Rescisão contratual pode chegar a 10 milhões de euros.

default

Lucio foi três vezes campeão alemão com o Bayern

O Bayern de Munique confirmou nesta quinta-feira (16/07) a transferência do zagueiro brasileiro Lúcio, de 31 anos, para a Inter de Milão. O capitão da seleção brasileira tinha contrato com o clube da Baviera por mais um ano. A imprensa alemã especula que a multa rescisória esteja entre 7 milhões e 10 milhões de euros.

"Os dois clubes chegaram a um consenso e o jogador entrou em acordo com o clube", afirmou o diretor esportivo do Bayern, Uli Hoeness. Segundo ele, o desejo de Lúcio era deixar o Bayern caso recebesse uma proposta de um grande clube europeu.

O zagueiro também teria demonstrado interesse em renovar seu contrato com o Bayern por mais dois anos, mas o clube considerou o período muito longo. Hoeness elogiou o brasileiro: "Ele fez um trabalho excepcional aqui".

Outras opções na zaga

Logo após a conquista da Copa das Confederações pela seleção brasileira, em junho, Lúcio declarara ter ficado chocado com a notícia de que ele não estaria nos planos do Bayern para a temporada 2009/10. O Brasil conquistou o torneio com uma vitória de 3 a 2 sobre os Estados Unidos. O último gol da partida foi marcado por Lúcio.

Lucio als Kapitän der brasilianischen Nationalmannschaft

Capitão da seleção brasileira

A saída do brasileiro não deverá ser um problema para o técnico Louis van Gaal, que conta com quatro zagueiros para as duas posições centrais: o argentino Martin Demichelis, o alemão Holger Badstuber, o belga Daniel van Buyten e o brasileiro Breno, ex-São Paulo.

Lúcio estava no Bayern desde 2004. Ele foi três vezes campeão alemão e também três vezes campeão da Copa da Alemanha com o clube da Baviera. Com a Inter de Milão, assinou um contrato de três anos.

Ribéry fica

Além de confirmar a saída de Lúcio, o diretor esportivo do Bayern também deu por encerradas as especulações em torno de uma possível transferência do meia francês Franck Ribéry, cobiçado por clubes italianos e ingleses. "É claro que ele vai ficar conosco", afirmou.

Hoeness argumentou que o prazo para negociações fixado pelo próprio Bayern encerrou-se nesta quarta-feira. A janela para transferências no mercado europeu, porém, fecha apenas no dia 31 de agosto.

Van Gaal afirmou que conta com Ribéry para seu esquema tático. Ele disse que montou o esquema 4-4-2 pensando no meia francês como camisa 10 da equipe.

AS/dpa/sid

Revisão: Simone Lopes

Leia mais