Vice-primeiro-ministro britânico renuncia em meio a escândalo | Notícias internacionais e análises | DW | 21.12.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Vice-primeiro-ministro britânico renuncia em meio a escândalo

Investigado por assédio sexual, Damian Green admite ter feito declarações falsas sobre conteúdo pornográfico encontrado em seu computador de trabalho. Pedido para deixar o cargo foi feito por Theresa May.

Damian Green

Damian Green é investigado também por assédio sexual

O vice-primeiro-ministro britânico, Damian Green, um dos aliados mais próximos da primeira-ministra, Theresa May, renunciou ao cargo nesta quarta-feira (20/12) em meio a um escândalo sexual. Conteúdo pornográfico foi encontrado no computador de trabalho do político em 2008.

Em sua carta de demissão, Green pediu desculpas por ter quebrado o código ministerial ao ter feito declarações enganosas sobre ter conhecimento do conteúdo pornográfico que foi encontrado em seu computador de trabalho no Parlamento. O vice-premiê negou, porém, ter baixado e assistido a pornografia que estava na máquina.

"Deveria ter deixado claro em comunicados à impressa que a polícia conversou com os meus advogados em 2008 sobre a pornografia nos computadores e que, em 2013, a polícia falou diretamente comigo sobre isso num telefonema", admitiu Green.

O pedido para que Green renunciasse foi feito pela própria May, após uma investigação interna ter concluído que o vice-premiê não foi sincero sobre o caso em dois comunicados divulgados em novembro.

"É com profundo pesar e com gratidão pela sua contribuição durante muitos anos que pedi e aceitei sua demissão do governo", afirmou a primeira-ministra, em carta endereçada a Green.

Além do escândalo de pornografia, Green foi acusado de assédio sexual pela jornalista Kate Maltby. O caso teria ocorrido em 2015 e está sendo investigado.

Green é o segundo ministro britânico a deixar o cargo após denúncias de assédio sexual. O ex-ministro da Defesa Michael Fallon renunciou no início de novembro depois de admitir que colocou a mão sobre o joelho da jornalista Julia Hartley-Brewer repetidamente durante um jantar em 2002.

CN/lusa/ap/afp

----------------

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App

Leia mais