Vettel é o mais jovem campeão mundial de Fórmula 1 | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 14.11.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Vettel é o mais jovem campeão mundial de Fórmula 1

Alemão de 23 anos vence última prova da temporada da Fórmula 1 em Abu Dhabi. Sebastian Vettel é o mais jovem detentor do título em todos os tempos. Michael Schumacher sai ileso de grave acidente com Vitantonio Liuzzi.

default

Vettel (23) é o mais jovem campeão da história da F-1

O piloto alemão Sebastian Vettel venceu neste domingo (14/11) o Grande Prêmio de Fórmula 1 em Abu Dhabi. Aos 23 anos de idade e correndo pela austríaca Red Bull, ele se tornou o mais jovem campeão mundial de todos os tempos e o segundo de nacionalidade alemã na categoria, depois de Michael Schumacher.

O favorito do torneio, Fernando Alonso, da Ferrari, tinha 15 pontos de vantagem sobre Vettel. Ao espanhol teria bastado um quarto lugar para conquistar o título, mas teve que se contentar com o sétimo, devido a uma falha estratégica de sua equipe. Mark Webber, também da Red Bull, foi o oitavo na final, e Lewis Hamilton, pela McLaren-Mercedes, o segundo.

Flash-Galerie Vettel Red Bull

Vettel correndo pela Red Bull em Abu Dhabi

Azar para "Schumi"

Após uma competição emocionante, Vettel irrompeu em lágrimas ao cruzar a linha de chegada. Com voz trêmula, agradeceu à equipe: "Incrível! Obrigado, caras, eu amo vocês!". Esta foi sua quinta vitória neste ano, e a segunda consecutiva. Uma semana antes, ele conquistara o título de construtores para a Red Bull no GP do Brasil, em dobradinha com o australiano Mark Webber.

Para o heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher, a corrida terminou mal. Ao tentar ultrapassar seu colega de equipe Nico Rosberg na primeira volta, ele derrapou, ficando parado "na contramão". Depois que três pilotos conseguiram desviar, o italiano Vitantonio Liuzzi chocou-se contra a Mercedes de Schumacher. Por pouco, o piloto alemão de 41 anos não foi atingido na cabeça, mas acabou saindo ileso.

"Fiquei virado de frente para os outros carros, e isso dá um pouco de medo. Por sorte, a segurança é alta, e nada aconteceu. Como estava na parte suja [da pista], perdi aderência e girei um pouco, houve um choque. Não foi culpa de ninguém, só minha", descreveu o corredor recordista. Ele confirmou que estará de volta à Fórmula 1 em 2011.

NO FLASH Formel 1 Sebastian Vettel Red Bull Weltmeister

Emoção no pódio

AV/dw/dpa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais