Uma viagem de trem pelos Alpes suíços | Vídeos sobre cultura disponíveis na mediateca da DW Brasil | DW | 22.06.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Vídeos sobre Cultura

Uma viagem de trem pelos Alpes suíços

A linha regular faz o trajeto em cerca de sete horas, já a nostálgica leva dois dias. A rota passa por 91 túneis e quase 300 pontes.

Assistir ao vídeo 04:39

Sobre trilhos estreitos, o primeiro dia de viagem no Expresso Glacial Pullman sai de São Moritz, no Cantão Grisões, e vai até Andermatt. A linha ferroviária de Albula é uma das três linhas ferroviárias do mundo que tem o título de Patrimônio Mundial da UNESCO. Por volta do meio-dia, o Expresso Glacial Pullman chega ao Vale do Reno. Um rio que tem mais de 1.200 quilômetros e passa por seis países. 

O segundo dia de viagem começa a todo vapor - o Expresso Glacial Pullman passa pelo Furkapass, um famoso trajeto entre as montanhas, e os passageiros vivenciam uma viagem romântica a bordo de uma locomotiva a vapor de quase 100 anos. Graças a um sistema de engrenagem, a locomotiva sobe a montanha até atingir mais de 2 mil metros de altitude. Esse é o ponto mais alto da viagem de trem - um local onde há neve praticamente o ano inteiro, mesmo durante o verão.

De lá, a viagem segue até Zermatt. Os passageiros desembarcam do trem e entram em um teleférico até chegar ao topo da Geleira de Aletsch.