Tusk critica ex-prefeito de Londres por comparação ao nazismo | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 17.05.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Tusk critica ex-prefeito de Londres por comparação ao nazismo

"Boris Johnson ultrapassou os limites de uma discussão racional, demonstrando amnésia política" ao comparar os objetivos da União Europeia ao projeto nazista de Adolf Hitler, diz presidente do Conselho Europeu.

Presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk

Presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, diz que argumentos do ex-prefeito de Londres são absurdos

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, afirmou que o ex-prefeito de Londres Boris Johnson "ultrapassou os limites" ao comparar a União Europeia (UE) ao regime nazista de Adolf Hitler.

"Quando ouço que a UE é comparada aos planos e projetos de Adolf Hitler, não posso ficar calado", disse Tusk, numa conferência de imprensa em Copenhague nesta terça-feira (17/05). "Em certo sentido, ele ilustrou o estado de mente e emoções de muitos europeus, não só do Reino Unido."

"Os argumentos são de tal maneira absurdos que deveriam ser ignorados se não tivessem sido proferidos por um dos homens mais influentes do partido no poder [no Reino Unido]. Boris Johnson ultrapassou os limites de uma discussão racional, demonstrando amnésia política", prosseguiu.

Na entrevista coletiva de imprensa diária, em Bruxelas, a Comissão Europeia se recusou, por meio de seu porta-voz, Margaritis Schinas, a comentar as declarações de Johnson.

O ex-prefeito de Londres, que é considerado um dos favoritos para suceder o premiê britânico, David Cameron, como líder do Partido Conservador e que defende a saída do Reino Unido da UE, comparou a UE ao projeto totalitário e racista do ex-ditador alemão numa entrevista ao jornal britânico The Sunday Telegraph, publicada no último domingo.

PV/lusa/dw

Leia mais