Suíço é acusado de espionar o Fisco na Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 17.08.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Suíço é acusado de espionar o Fisco na Alemanha

Homem é suspeito de ter monitorado investigações secretas sobre contas criadas por alemães na Suíça para sonegar impostos. Caso revelou verdadeira guerra de espionagem entre os dois países.

Um suíço foi formalmente acusado de espionagem pela Alemanha esta semana, depois de ter obtido detalhes sobre investigações secretas do Fisco alemão. O caso, revelado em abril, expôs algo que está sendo tratado na imprensa alemã como uma guerra de espiões.

Identificado apenas como Daniel M., o suíço de 54 anos é suspeito de ter espionado a autoridade fiscal do estado alemão da Renânia do Norte-Vestefália e alguns de seus funcionários por quase quatro anos até fevereiro de 2015.

No período, o ex-policial teria se dedicado a descobrir como o Fisco alemão têm obtido CDs com dados roubados de clientes de instituições bancárias suíças criadas com o objetivo de sonegar impostos na Alemanha.

Segundo a procuradoria federal alemã, Daniel M., atualmente sob custódia, reuniu informações pessoais sobre os investigadores fiscais estaduais para que as autoridades suíças pudessem, assim. processar os agentes envolvidos na compra de CDs.

Ainda de acordo com o órgão, Daniel M. teria recebido cerca de 13 mil euros para a missão, dos quais por volta de 10 mil euros teriam sido destinados a uma empresa de segurança alemã que o ajudou a obter as informações. Além disso, o ex-detetive também teria infiltrado um colaborador no Fisco.

Há anos que a Renânia do Norte-Westfália tem irritado a Suíça com a compra de dados de instituições bancárias, parte de uma ação para rastrear contas secretas de alemães criadas no país para sonegar impostos. O estado alemão já gastou 17,9 milhões de euros desde 2010 na coleta de dados, os quais ajudaram a recuperar quase 7 bilhões em receitas.

IP/rtr/dpa/efe

Leia mais