STF autoriza inquérito contra Dilma Rousseff | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 16.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

STF autoriza inquérito contra Dilma Rousseff

Presidente afastada é suspeita de obstrução da Justiça no âmbito da Lava Jato. Além de Dilma, Supremo Tribunal Federal autoriza investigação contra Lula, José Eduardo Cardozo e Aloizo Mercadante sob a mesma acusação.

O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou nesta terça-feira (16/08) uma investigação contra a presidente afastada Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por tentativa de obstrução da Justiça no âmbito da operação Lava Jato.

De acordo com o jornal O Globo, o pedido de inquérito foi enviado em maio pelo procurador-geral da Républica, Rodrigo Janot, e inclui também a investigação dos ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercadante.

Os investigadores alegam que Dilma teria tentado obstruir a Justiça ao nomear Lula como ministro da Casa Civil, possibilitando dessa maneira que o ex-presidente fosse investigado e julgado em foro especial.

Já Mercadante é acusado de tentar impedir a delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral. O inquérito corre em segredo de Justiça.

CN/rtr/ots

Leia mais