Seleção brasileira vai às semifinais olímpicas pela 7ª vez | Leia notícias sobre o maior evento esportivo do planeta | DW | 14.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Seleção brasileira vai às semifinais olímpicas pela 7ª vez

Com gols de Neymar e Luan, Brasil vence a Colômbia por 2 a 0 e se classifica para as semifinais do torneio olímpico de futebol contra Honduras. Micale diz que seleção hondurenha tem méritos e pode surpreender.

Neymar comemora gol marcado em cobrança de falta no primeiro tempo

Neymar comemora gol marcado em cobrança de falta no primeiro tempo

Com a vitória sobre a Colômbia por 2 a 0 neste sábado (13/08) na Arena Corinthians, em São Paulo, a seleção brasileira se classificou para as semifinais dos Jogos Olímpicos pela sétima vez na história.

O primeiro gol foi do capitão Neymar em cobrança de falta no primeiro tempo. Nos instantes finais da partida, Luan selou a classificação.

Em busca do inédito ouro olímpico, a seleção vai enfrentar Honduras na próxima quarta-feira, no Maracanã. Quem se classificar vai brigar pelo título com Alemanha ou Nigéria, que se enfrentam no mesmo dia na Arena Corinthians.

A partida pode representar a revanche do Brasil, que perdeu para Honduras nas quartas de final nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

O técnico Rogério Micale apostou num esquema com quatro atacantes, que deu certo na terceira rodada da fase de grupos e garantiu a goleada de 4 a 0 sobre a Dinamarca.

"O comportamento defensivo começa no setor ofensivo. Nós jogamos juntos e com espírito coletivo e por isso conseguimos entrar com uma equipe tão ofensiva", afirmou o treinador.

A seleção colombiana apostou nos nomes mais conhecidos – o zagueiro Balanta e o atacante Téo Gutiérrez, campeões da Taça Libertadores do ano passado pelo River Plate, além do também atacante Pabón, que teve passagem discreta pelo São Paulo e atualmente defende o Monterrey, do México.

Partida dura

O jogo teve entradas muito duras. Palacios levou cartão por acertar uma cotovelada sem bola em Gabriel Jesus. Neymar aproveitou, fez a cobrança direta e, com a colaboração da barreira, que abriu, acertou o canto direito e fez 1 a 0. Neymar virou alvo e sofreu ao menos cinco faltas.

Aos 39 minutos do segundo tempo, Neymar fez uma enfiada, Luan percebeu o goleiro adiantado e, de fora da área, com curva, marcou o segundo gol da seleção olímpica brasileira.

Em entrevista coletiva, Micale afirmou que o time de Honduras chegou à semifinal do torneio masculino de futebol dos Jogos Olímpicos do Rio "com méritos" e, por isso, a equipe brasileira não pode se descuidar para não ser surpreendida em casa.

"Não me incomoda enfrentar Honduras. Eles chegaram com méritos, com competência, temos todo respeito e sabemos da qualidade de Honduras", comentou. "Eles eliminaram a Argentina e a Coreia do Sul. Sabem jogar e se não estivermos atentos podem nos surpreender."

KG/efe/dpa

Leia mais