″Segurança global é a mais instável desde o fim da União Soviética″, diz chefe da maior conferência de segurança do mundo | Notícias internacionais e análises | DW | 16.02.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

"Segurança global é a mais instável desde o fim da União Soviética", diz chefe da maior conferência de segurança do mundo

Chefe da Conferência de Segurança de Munique, Wolfgang Ischinger, adverte sobre crescente instabilidade mundial em entrevista à DW. Conflito na Síria, com seus muitos atores poderosos, é o mais preocupante. Maior conferência de segurança do mundo acontece neste fim de semana.

Assistir ao vídeo 00:59

Cerca de 500 políticos e especialistas se encontram na Alemanha para a Conferência de Segurança de Munique 2018, que começa nesta sexta-feira (16/02) e vai até domingo. Entre eles, 20 chefes de Estado e de governo, além de dezenas de ministros. Em debate estão temas como política externa, questões de defesa e crises internacionais – todos assuntos como uma necessidade urgente de discussão, segundo o chefe da conferência, Wolfgang Ischinger.