Schalke derrotado em casa pelo Barcelona na Liga dos Campeões | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 02.04.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Schalke derrotado em casa pelo Barcelona na Liga dos Campeões

Equipe alemã perde o jogo de ida das quartas-de-final por 1 a 0 e precisa vencer na próxima semana para continuar na Liga dos Campeões. Gol do Barcelona acontece após falha do goleiro Manuel Neuer.

Vincente Sanchez, do Schalke, é cercado Andres Iniesta, Samuel Eto'o e Gianluca Zambrotta

Krkic, autor do único gol da partida, é cercado por Fabian Ernst (e) e Marcelo Bordon

O Schalke foi derrotado pelo Barcelona por 1 a 0 na noite desta terça feira (01/04) pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões. A partida foi disputada em Gelsenkirchen. Com o resultado, o Barcelona jogará pelo empate na próxima quarta-feira (09/04), na capital catalã, quando as duas equipes voltarão a se enfrentar.

No estádio Veltins Arena lotado, o único gol da noite foi do jovem Bojan Krkic, de apenas 17 anos, logo aos 11min de jogo. Ele aproveitou um passe de Thierry Henry logo após um rebote do goleiro do Schalke Manuel Neuer. O jovem Neuer, que há quatro semanas fora o herói da partida contra o Porto, falhou no lance.

Schalke reage na etapa final

Mesmo sem as estrelas Ronaldinho, Deco e Lionel Messi, o Barcelona dominou a partida no primeiro tempo. Aos 30min, o zagueiro brasileiro Marcelo Bordon quase fez um gol contra ao desviar um cruzamento de Samuel Eto'o.

Deutschland Fußball Champions League FC Schalke 04 gegen FC Barcelona

Sanchez, do Schalke, e Iniesta, Eto'o e Zambrotta

O Schalke só reagiu na etapa final, quando teve boas oportunidades de empatar a partida, com Gerald Asamoah e Halil Altintop. O atacante Kevin Kuranyi decepcionou e acabou sendo substituído por Vicente Sanchez.

Seqüência de erros

"Não imaginei que o time fosse ter tanto respeito [pelo Barcelona]. Somente no segundo tempo fizemos pressão e nos tornamos perigosos. Não podemos falar apenas no Neuer, foi uma seqüência de erros", afirmou o treinador do Schalke, Mirko Slomka.

"Devíamos ter colocado mais pressão desde o início. O próximo jogo, em Barcelona, não será fácil. Mas se não tivermos esperanças, não precisamos nem viajar", disse Asamoah.

Na outra partida disputada nesta terça-feira pelas quartas-de-final, o Manchester United venceu a Roma por 2 a 0. Nesta quarta-feira, o Arsenal recebe o Liverpool e o Fenerbahçe enfrenta o Chelsea.

Leia mais