Sarre | Informações sobre a geografia e a demografia da Alemanha | DW | 20.01.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Dados Geográficos

Sarre

O Sarre limita-se a leste com o estado da Renânia-Palatinado, a oeste com Luxemburgo e ao sul com a França. Sua evolução política reflete as vicissitudes da história alemã no século 20.

default

A usina Völklinger Hütte

A evolução política deste pequeno estado alemão reflete as vicissitudes da história do país no século 20. A região, rica em minas de carvão e siderurgia, foi desligada do Império Alemão com a entrada em vigor do Tratado de Versalhes em 1920, após a Primeira Guerra Mundial. Em 1935, a população decidiu-se, com mais de 90% dos votos, pela reintegração política à Alemanha.

Saarland Karte

O Sarre na Alemanha

Após a Segunda Guerra Mundial, o território permaneceu um protetorado francês até 1949 e depois tornou-se uma região autônoma, com uma seleção de futebol própria e até uma equipe olímpica própria. Só em 1957, após um novo plebiscito, é que o Sarre foi reintegrado à Alemanha, tornando-se então o décimo estado alemão. A anuência da França estabeleceu um marco no caminho para a reconciliação teuto-francesa.

O rio Sarre (em alemão, Saar), um afluente do Mosela, dá nome ao estado e é parte da denominação das duas principais cidades – a capital Saarbrücken e o maior centro industrial, Saarlouis, cujo nome é uma homenagem ao rei Luís 14 da França, que mandou seu construtor Vauban erigir ali uma fortaleza para proteger as conquistas francesas no oeste da Alemanha, dando origem à cidade há cerca de 300 anos. Atualmente, Saarlouis é um importante centro da indústria automobilística. Já em Mettlach fica a fábrica de porcelana Villeroy & Boch, de renome internacional.

Volksabstimmung im Saarland 1955

Cidadãos discutem propaganda política do plebiscito de 1955. Dois anos depois, Sarre foi reintegrado à Alemanha

No Vale do Sarre é cultivado um vinho altamente apreciado. A cozinha regional associa tradição alemã com requinte francês – um exemplo do modo de vida dos dois vizinhos, unidos em harmonia no estado do Sarre. As regiões do Sarre, da Lorena (na França) e de Luxemburgo interligam-se cada vez mais, através de intenso intercâmbio econômico, político e cultural.

Sarre cada vez mais limpo

A história do Sarre está intimamente ligada ao carvão e ao aço. Nos anos de 1970, o estado era marcado por minas de carvão, fundições, chaminés e um ar carregado de cinzas. Nos arredores dos grandes centros industriais, como Neunkirchen e Völklingen, donas-de-casa evitavam até pendurar a roupa limpa nos quintais, temendo a fuligem.

Nos tempos áureos, a mineração empregava cerca de 50 mil pessoas no Sarre. Hoje há apenas 4 mil empregados no setor. De cerca de 12 prósperas minas, sobrou apenas a de Ensdorf, embora mesmo ali as atividades tenham sido suspensas desde o terremoto de fevereiro de 2008, provocado pela intensa extração de carvão.

Saarschleife bei Mettlach

Curva do rio Saar em Mettlach-Orscholz é um dos destinos prediletos no Sarre

A cidade de Völklingen está marcada pela siderúrgica fundada em 1873 e já era, por volta de 1890, um dos mais importantes produtores de ferro do Império Alemão. A usina foi desativada em 1986 e transformada em um museu industrial. Em 1995, a usina Völklinger Hütte foi incluída na lista de patrimônios culturais da humanidade pela Unesco.

Cada vez mais, as antigas fundições são transformadas em monumentos industriais e centros culturais. Desde o fim da década de 80, o Sarre vem passando por um novo processo de reorientação econômica, atraindo cada vez mais unidades dos renomados institutos de pesquisa científica Max-Planck e Fraunhofer, especialmente nos setores de informática, software e inteligência artificial.

Infobox Saarland portugiesisch

Brasão

O brasão do Sarre é composto das imagens heráldicas das quatro regiões históricas mais importantes do estado: o leão prateado com língua vermelha e coroa dourada em campo azul é o brasão do condado de Saarbrücken; a cruz vermelha sobre fundo prateado é o brasão de Kurtrier; a faixa vermelha com três águias prateadas sobre fundo dourado é o brasão dos duques da Lorena; o quarto campo mostra o leão do Palatinado.

Atualizado em janeiro de 2009

Leia mais

Publicidade