Sanssouci: o palácio “sem preocupações” | Veja todo o conteúdo audiovisual publicado na mediateca | DW | 12.07.2018
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Sanssouci: o palácio “sem preocupações”

O Palácio Sanssouci, em Potsdam, é uma das grandes atrações próximas de Berlim. Residência de verão de Frederico 2º, rei da Prússia, conhecido como Frederico, o Grande, o palácio é apenas um dos legados do monarca prussiano.

Assistir ao vídeo 04:11
Ao vivo agora
04:11 min

Frederico 2º ficou encantado com a região que hoje é Potsdam durante uma viagem em 1743 e decidiu que seria o local para o seu novo palácio de verão. O palácio ganhou o nome francês de Sanssouci, que significa “sem preocupações”. Com um único andar, rente ao chão, o palácio em estilo rococó tem apenas 12 cômodos e foi batizado pelo rei como Weinberghäuschen, algo como, “casinha das videiras”.

O luxuoso salão de mármore é o único espaço de festas do palácio, mas o rei não dava grandes bailes no local - a biblioteca era um dos locais preferidos dele. Frederico 2º tocava flauta e chegou a compor sinfonias e outras peças musicais que eram apresentadas em pequenos concertos de câmara em conjunto com Carl Philipp Emanuel Bach, filho de Bach.

Frederico 2º passou quase 40 verões no Sanssouci. O “velho Fritz”, como é hoje conhecido, morreu em 1786, mas seu último desejo só foi realizado 200 anos mais tarde. Em 1991, os restos mortais de Frederico 2º foram enterrados no jardim do palácio ao lado de seus 11 cães. Tanto os jardins quanto o Palácio de Sanssouci fazem parte do conjunto arquitetônico cultural de Potsdam, declarado patrimônio da Unesco em 1990.