René Adler desiste de participar da Copa do Mundo | Leia as principais notícias sobre o futebol internacional | DW | 04.05.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

René Adler desiste de participar da Copa do Mundo

O técnico alemão Joachim Löw irá anunciar o nome do goleiro da seleção alemã na próxima Copa ainda esta semana. Mas René Adler, o número um da lista de candidatos, desistiu de participar do Mundial.

default

René Adler: problemas de saúde impedem participação no Mundial

A desistência de René Adler, considerado pelo técnico Joachim Löw como o goleiro número um da Alemanha na próxima Copa do Mundo na África do Sul, não foi, de fato, uma surpresa. A postura do goleiro já vinha sendo pressentida através de alguns detalhes nos últimos dias.

Recentemente foram publicadas fotos do jogador usando um colete protetor de tórax, em função de uma fratura nas costelas. Diante disso, questionou-se se Adler, com sua lesão, poderia realmente exercer a defesa da seleção alemã com segurança.

O goleiro de 25 anos do Bayer Leverkusen quebrou as costelas num jogo da Bundesliga contra o Stuttgart no último dia 17 de abril, tendo sido operado a seguir. No último fim de semana, ele voltou à ativa, com seu colete de proteção, numa partida contra o Hertha Berlin. Depois deste jogo, ficou claro, num exame posterior, que uma nova operação seria inevitável.

Dores e problemas

A seguir, Adler abdicou de sua participação na Copa do Mundo, descrevendo a decisão como uma das mais difíceis de sua vida. Segundo ele, as dores que sente são tão fortes que o impossibilitam de participar a médio prazo dos treinamentos para os jogos e de dar realmente o melhor de si. Ainda de acordo com suas palavras, um campeonato tão longo e intenso como a Copa do Mundo precisa de jogadores na melhor forma.

Pouco depois da negativa de Adler em relação a sua participação no Mundial, surgiram naturalmente vários boatos sobre quem poderia ocupar seu lugar. Tudo indica que Manuel Neuer, do Schalke 04, e Tim Wiese, do Werder Bremen, serão os nomes indicados para a posição. E com essa solução, é preciso dizer, não deverá haver nenhuma perda sensível para a seleção alemã.

Para ser o goleiro número três, que certamente nem irá pisar em campo na Copa do Mundo, há uma lista longa de candidatos, como Frank Rost, do Hamburgo, e Jörg Butt, do Bayern de Munique, ambos muito experientes e com uma boa temporada recente na Bundesliga.

Roman Weidenfeller, do Borussia Dortmund, poderia ser ainda uma alternativa. Consta que a decisão já caiu sobre o nome de Butt. Oficialmente, contudo, ainda não há nenhuma posição por parte da DFB. Esta deverá ser anunciada na próxima quinta-feira (06/05).

Antes de Adler, o jogador Simon Rolfes, do Leverkusen, já havia anunciado que tampouco participará da próxima Copa. No caso de Rolfes, ninguém mesmo esperava que isso pudesse acontecer, já que ele está ferido há meses, sem poder jogar.

SV/dw/sid/dpa
Revisão: Augusto Valente

Leia mais