Rammstein lança novo álbum de estúdio após dez anos | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 17.05.2019
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages
Publicidade

Música

Rammstein lança novo álbum de estúdio após dez anos

Disco conta com 11 novas músicas, entre elas "Deutschland", cujo clipe causou polêmica na Alemanha.

Rammstein, neues Album Rammstein (picture-alliance/dpa/Unviersal Music/Jes Larsen)

Sexteto foi formado em 1994, em Berlim

Depois de um hiato de dez anos, a banda de metal alemã Rammstein lançou nesta sexta-feira (17/05) um novo álbum de estúdio. O disco, que leva o mesmo nome da banda, conta com 11 novas faixas, entre elas Deutschland, divulgada em março.

O clipe da música causou polêmica na ocasião por incluir cenas com os membros da banda vestidos como prisioneiros de campos de concentração, enquanto a atriz afro-alemã Ruby Commey personifica "Germania". O vídeo no Youtube já tem mais de 50 milhões de visualizações e foi criticado por políticos, historiadores e associações judaicas.

Em seu sétimo álbum, cuja capa mostra um palito de fósforo sob um fundo branco, a banda aposta, mais uma vez, na provocação e interpretações ambivalentes. Na internet, o novo álbum não foi unanimidade: alguns afirmam que a pausa de dez anos valeu a pena, outros dizem que esperavam mais da banda depois de tanto tempo longe dos estúdios.

A segunda faixa do álbum é Radio e é vista como um grito contra a censura e a opressão. O clip foi divulgado no final de abril, em Berlim, projetado na parede de um edifício, onde aguardavam centenas de fãs. No vídeo, um exército não consegue tomar posse da estação de rádio e silenciar os músicos.

Segundo a imprensa alemã, a música também lembra uma época em que escutar rádio era um ato de resistência e de liberdade - os membros da banda Rammstein, formada em 1994, cresceram na Alemanha Oriental. O vídeo, com imagens em preto e branco, também homenageia outra banda alemã de sucesso mundial, a Kraftwerk, que começou a carreira nos anos 1970.

Foto mostra público assistindo ao vídeo projetado em um edifício. Está anoitecendo e, ao fundo, é possível ver a Fernsehturm.

Clip da música "Rádio" foi projetado em uma parede no centro de Berlim

As canções do novo álbum têm nuances de diferentes estilos musicais, embora a banda permaneça fiel à sua fórmula: "um impressionante espetáculo de horror", comenta a edição online da revista alemã Spiegel.

Entre os recursos estilísticos utilizados está o oximoro (associar dois termos de significado oposto), como na música Tattoo. Na canção Ausländer, o sexteto retrata estereótipos de nacionalidade, enquanto em Zeig dich aborda acusações de abuso na Igreja Católica. O tema Hallomann é sobre o abuso de menores, enquanto Weit weg fala de voyeurismo e Puppe, de prostituição.

Em 27 de maio, o sexteto começa uma turnê pela Europa, com ingressos já esgotados para 23 dos 30 shows. Para divulgar o álbum e a turnê, um grande caminhão está percorrendo Alemanha, Bélgica, Polônia, Holanda e Áustria, levando um imenso palito de fósforo de 1,5 tonelada.Através de um site, os fãs podem acompanhar o trajeto.

LE/efe/dw/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube 

WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Leia mais

Links externos