1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
A rainha Elizabeth 2ª
"É muito irritante quando eles falam, mas não fazem", diz a monarca na gravaçãoFoto: Steve Parsons/AP/picture alliance

Rainha Elizabeth diz que inação climática é "irritante"

15 de outubro de 2021

Em conversa gravada, monarca britânica parece criticar líderes que "falam, mas não fazem" o suficiente para combater o aquecimento global. Às vésperas da COP26, ela também reclama dos que não participarão da reunião.

https://www.dw.com/pt-br/rainha-elizabeth-diz-que-ina%C3%A7%C3%A3o-contra-mudan%C3%A7as-clim%C3%A1ticas-%C3%A9-irritante/a-59518154?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

A rainha Elizabeth 2ª aparentemente criticou a falta de ações contra as mudanças climáticas e líderes que "falam, mas não fazem" em comentários captados por um microfone.

A monarca britânica, de 95 anos, foi filmada com um celular ao visitar Cardiff para a abertura do Parlamento do País de Gales nesta quinta-feira (14/10), durante uma conversa com sua nora Camilla, a duquesa de Cornwall, e a presidente do Legislativo galês, Elin Jones.

"Tenho ouvido tudo sobre a COP. Ainda não sei quem virá", disse a rainha, em referência à próxima Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, a COP26, a ser realizada em Glasgow, na Escócia, a partir de 31 de outubro.

"Só sabemos sobre pessoas que não virão... É muito irritante quando eles falam, mas não fazem", diz a monarca na gravação, que tem algumas partes inaudíveis.

A rainha deverá receber líderes mundiais na COP26. Vários chefes de Estado e de governo ainda não confirmaram sua presença. Entre estão o presidente da China, Xi Jinping, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi. O presidente Jair Bolsonaro também não deve comparecer.

O ministro dos Transportes, Grant Shapps, afirmou que a intenção não era que os comentários da rainha fossem difundidos. "Acho que comentários feitos em particular devem se manter privados, mas todos nós compartilhamos o desejo de ver progresso e sabemos que haverá centenas de líderes vindo para Glasgow para a COP", disse ele à emissora Sky News.

Príncipes engajados pelo clima

Na monarquia constitucional britânica, a rainha deve se manter acima da política, e ela raramente expressa suas opiniões em público.

O filho e herdeiro da rainha, o príncipe Charles, no entanto, é conhecido por se engajar em questões ambientais. Na segunda-feira, ele disse numa entrevista à BBC temer que líderes mundiais "apenas falem", em vez de agir.

E o filho de Charles, o príncipe William, também adotou a causa ambiental. Numa entrevista à BBC transmitida nesta quinta-feira, William criticou o turismo espacial, afirmando que salvar a Terra diante da ameaça do aquecimento global é mais importante do que viajar ao espaço.

Na conversa com a rainha gravada nesta quinta, Elin Jones respondeu ao comentário da monarca sobre aqueles que falam, mas não fazem, fazendo referência às declarações de William: "Exatamente. É hora de fazer... e ver seu neto na televisão nesta manhã afirmando que não faz sentido ir ao espaço, precisamos salvar a Terra..."

Elizabeth então sorriu e disse: "Sim, eu li sobre isso."

Além da rainha, os príncipes Charles e William também deverão participar de eventos no âmbito da COP26. O encontro tem como objetivo convencer as maiores economias em desenvolvimento a fazerem mais para reduzir suas emissões de CO2, bem como fazer com que países ricos doem mais para ajudar os mais pobres a se adaptarem às mudanças climáticas.

lf/ek (AP, AFP, Reuters)