1. Pular para o conteúdo
  2. Pular para o menu principal
  3. Ver mais sites da DW
Rainha Elizabeth
Rainha Elizabeth celebra no próximo ano seu Jubileu de Platina, por 70 anos no tronoFoto: Steve Parsons/Pool Photo via AP/picture alliance
PolíticaReino Unido

Rainha Elizabeth cancela participação na COP26

26 de outubro de 2021

Palácio de Buckingham informa que a monarca, de 95 anos, seguirá conselho médico para repousar e não vai à Escócia para a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas.

https://www.dw.com/pt-br/rainha-elizabeth-cancela-participa%C3%A7%C3%A3o-na-cop26/a-59634355?maca=bra-rss-br-all-1030-rdf

A rainha Elizabeth 2ª cancelou seus planos de ir à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), a ser realizada em Glasgow na Escócia. O Palácio de Buckingham informou nesta terça-feira (26/10), que a monarca seguirá o conselho de seus médicos para repousar, apenas alguns dias depois de ter passado a noite em um hospital para exames.

A rainha, de 95 anos, comunicou que "lamentavelmente'' decidiu que não irá mais viajar para Glasgow para comparecer à recepção a líderes mundiais em 1º de novembro.

A COP26 está agendada para ocorrer de 31 de outubro a 12 de novembro.

O herdeiro do trono, príncipe Charles, deve participar da COP26 com sua esposa, Camilla, assim como o príncipe William e a duquesa Kate. A realeza britânica tem se expressado repetidamente nas últimas semanas e meses a favor de uma proteção climática mais enérgica.

"Sua Majestade está desapontada por não comparecer à recepção, mas irá fazer um discurso aos delegados reunidos por meio de uma mensagem gravada em vídeo'', afirmou o Palácio de Buckingham.

A notícia foi anunciada depois que a soberana realizou audiências virtuais nesta terça-feira no Castelo de Windsor. A soberana cumprimentou os embaixadores de Coreia do Sul e Suíça durante sua primeira aparição auxiliada por tecnologia desde que foi levada ao Hospital King Edward 7°, de Londres, em 20 de outubro para "exames preliminares''. Ela voltou à sua residência, o Castelo de Windsor, na hora do almoço no dia seguinte e tem assumido tarefas leves desde então.

Descanso após série de eventos

A rainha passou por exames médicos após ter cancelado uma viagem agendada para celebrar os 100 anos da criação da Irlanda do Norte, e o palácio disse que ela havia aceitado "relutantemente" o conselho médico para descansar alguns dias. O assunto não está relacionado à covid-19.

Os médicos da rainha pediram que ela descanse na semana passada após a monarca ter participado de uma série de eventos agitados, incluindo audiências com diplomatas, uma recepção no Castelo de Windsor para líderes empresariais globais e corridas de cavalos em Ascot.

A visita dela ao hospital na semana passada ocorreu em meio a uma inquietação geral sobre a saúde da rainha. Dias antes, ela foi vista usando uma bengala em uma missa na Abadia de Westminster que marcava o centenário do Royal British Legion, uma instituição de caridade das Forças Armadas.

Embora ela já tenha usado uma bengala em 2003, na ocasião, ela tinha sofrido uma cirurgia no joelho. O marido da rainha, o príncipe Philip, morreu em abril de 2021, aos 99 anos. Elizabeth desfrutou de uma saúde robusta ao longo de sua vida, tornando-se a monarca de mais longo reinado do Reino Unido. Ela está prestes a celebrar seu Jubileu de Platina – 70 anos no trono – no próximo ano.

md (AP, DPA)